View Geocache Log

Found it prodrive found A Rocha

Thursday, March 13, 2008Beja, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

14H00M
#1287

FTF #50

Para começar, desconfiem sempre de uma cache sem FTF com mais de um mês após a publicação .
Aproximação fácil e directa de jipe até próximo do parking spot recomendado, graças aos waypoints fornecidos, porque de outra forma, algumas inversões de marcha seriam necessárias.
A primeira dificuldade revelou-se a cerca de 200 metros do parking recomendado. Uma vedação no meio da estrada fez-me vacilar... a entrada em propriedade privada é algo que me deixa sempre de pé atrás... Portão de abertura fácil... hummmmmm... presumivelmente deverá ser só para o gado não debandar... ok! Arrisco!
Em boa hora o fiz, porque dali até ao fim, o esforço e as emoções foram sempre em crescendo .
Mal atravessei a ribeira fiquei logo com a sensação de estar a entrar num mundo mágico. Segui o trilho saltitando, ora para uma margem da ribeira, ora para a outra.
Umas centenas de metros à frente e deparo-me com a brutal e imponente rocha defronte de mim. Perante aqueles 30 ou 40 metros de rocha escarpada e a jorrar água, o meu primeiro pensamento foi: "Phone-Ix . Só espero que a cache esteja cá em baixo ". E até estava, mesmo no ponto 0 , só que depois de inseridas as coordenadas finais no GPS, ooooooooops . Up! Up! And Away .
Os cerca de 25 metros de distância em linha recta prometiam um belo desafio. Pelo menos, o primeiro log-book em branco deu um belo alento para o que aí vinha .
Enchi-me de coragem e comecei a trepar por aí acima, ora pelo trilho, ora por mato cerrado.
Por várias vezes me deparei com um beco sem saída, só possível de transpôr com material de escalada adequado, mas como a descrição da cache assegurava que havia sempre caminho, toca a voltar atrás e tentar nova abordagem.
Com algum espírito de abenegação e sem ninguém comigo para me dar uma mãozinha nos momentos mais necessários, lá cheguei ao topo sem grandes mazelas .
Olhar cá para baixo dá-nos uma enorme sensação de conquista e ao mesmo tempo de estupefacção. É incrível como consegui vencer aquela rocha. Impressionante!
Com o entusiasmo e a vontade de chegar até ao topo, acabei por passar 90 metros da cache . Ooooooooooooops... Toca a rasgar mais um pouco de mato e recto ao ponto 0. Wow, mais um passo e é a morte do artista.
Uma breve busca nos sítios possíveis e eis que a cache se revela, nas coordenadas exactas, sem grandes problemas.
Um log book a estrear foi uma bela recompensa pela peserverança e pelo esforço dispendido, embora só a sensação de conquista fosse compensação suficiente .

Continua 1/2

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us