View Geocache Log

Found it Almansor found Tesouro 100 Guarda-V.3

Tuesday, November 8, 2011Viseu, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

O Geocaching: entre a desilusão e o sublime.

Iniciei-me no geocaching pela mão do meu amigo Evil Dark que numa tarde ou noite de fim-de-semana me desafiou para uma nova aventura. Munidos ainda com instrumentos de navegação rudimentares lá fomos nós em busca das designadas caches. Primeiro estranha-se: os conteúdos, os containers, as dicas e até os locais; depois entranha-se: o desejo de fazer mais uma, a procura de mais uma aventura, a galhofa, o companheirismo, o pé na água, e a tentativa de encontrar aquela paisagem que todos dizem ser bestial!
Desde essa tarde/ noite já passaram 100 caches que balanceiam entre a desilusão e o sublime. Todas elas foram feitas na inseparável companhia do Evil Dark, Angel Dark entre outros, e mais recentemente com o Jsousa40 e o Bruno do Junçal, porque entendo que tiramos muito mais partido do espírito do geocaching, se ele for feito em grupo.
Por vezes encontramos a desilusão, ou porque o container é demasiado pequeno, ou porque a cache foi colocada sem qualquer critério, ou porque ali não há nada para ver, ou porque caminhamos tanto para nada, ou porque foi vandalizada, como diz sistematicamente o Bruno do Junçal depois de 2 minutos de busca.

Por coincidência ou não, a minha centésima cache coincide com o lançamento da centésima cache do Jsousa40. Claro está, que isto merecia uma comemoração especial para o Almansor, e nada melhor do que um FTF.
O alarme soou nos telemóveis e o sino tocou a rebate nas aldeias vizinhas porque ALMANSOR,EVIL DARK e BRUNO DO JUNÇAL iam fazer mais uma conquista! A ambição de encontrar o ouro era enorme, por isso rapidamente preparamos os cavalos, abastecemo-nos de mantimentos para uns dias e despedimo-nos das nossas mulheres, porque a missão era perigosa e podiamos não regressar para os braços delas. O breu da noite misturado com o nevoeiro e alguma chuva dificultava a visibilidade e por conseguinte a não apreciação da paisagem que, de certo deve ser esmagadora. Mas fica a promessa de que voltarei ao local num final de tarde para poder apreciar a beleza do pôr do sol.
Não encontramos o guarda, mas encontramos o sublime do geocaching, que muitas das vezes se traduz em momentos mágicos como foi a última parte e o encontro do tesouro. Momentos mágicos como descer uma colina para chegar à Drave, momentos mágicos nesta ou naquela serra, nesta ou naquela aldeia, à beira de um rio, nos vinte e tal KM na linha do Tua, ou até mesmo quando esfolei o joelho no poço azul. São estes os momentos que me apetece repetir vezes sem conta. A minha centésima cache será recordada como uma das melhores, senão a melhor que já fiz até hoje.

Jsousa40 elevaste a fasquia do geocaching aqui na região, e por isso estás de parabéns. Agora espero e quero, que a tua cache 101 seja melhor ou igual, porque para trás anda o caranguejo.

FTF com Evil Dark e Bruno do Junçal.

Obrigado por esta cache;

ALMANSOR!

infoA letterbox is another form of treasure hunting using clues instead of coordinates. In some cases, however, a letterbox has coordinates, and the owner has made it a letterbox and a geocache. To read more about letterboxing, visit the Letterboxing North America web site.
Visit Another Listing:

Advertising with Us