View Geocache Log

Write note global trekkers posted a note for Serra Boa

Friday, January 6, 2017Viana do Castelo, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

(Parte 2/2)

Também eu "quebrava" agora a cabeça numa tentativa de encontrar o melhor caminho, pois mariolas já não as via e era preciso vencer mais uns quantos montes. O remédio é ir trepando por aí cima onde for mais acessível, assim que visse uma mariola, tentar retomar por esse caminho. Entretanto vencida mais uma elevação, cheguei a uma zona planáltica com um belo e verdejante prado e onde pastava certamente uma dúzia de garranos, entre adultos e juvenis. Passando por entre os ditos, e dada a topografia do terreno, logo avancei mais célere rumo ao objetivo, que já distava menos de 600 metros. Agora a subida era mais suave, e o caminho tornava-se mais facilmente discernível. Foi como tal sem surpresa que cheguei a nova zona planáltica e onde tive a felicidade de avistar agora tão perto as antenas da Louriça, ponto culminante da serra Amarela (alt. 1361m). Ahhh, que saudades daquela caminhada em maio de 2014, durante a expedição das Montanhas Nebulosas (GC3C7J6) que nos levou até esse local desde o Lindoso e daí para o vale do Rio Homem...

Memórias à parte, estava agora a escassos 40 metros do objetivo. A intuição foi logo seguir em linha recta, começando a trepar um monte de pedras com alguma dificuldade. Logo vi que tal coisa não levaria a bom porto e que estava a complicar demasiado. A ansiedade é inimiga da razão, é verdade, mas eu tinha alguma razão por demonstrar alguma inquietação: primeiro por o dia estava a caminhar rapidamente para o fim (seriam já cerca das 16h30) e depois porque estava só e não me apetecia fazer a caminhada de regresso de noite. Desci, contornei simplesmente o monte...e voilá: estava de caras com o GZ! Felizmente que a cache depressa apareceu, o que me deu mais tempo para apreciar as magníficas vistas do local e arredores e de tirar algumas fotos. Registada a passagem, logo me fiz ao caminho de regresso, através de uma série de pontos que marcara previamente na subida. O Sol pôs-se quando cheguei mais ao menos próximo do aparecimento da primeira mancha florestal. Agora não havia que enganar e era só seguir o caminho encostado aos muros de pedra. Pelo caminho, olhos atentos e lanterna ligada para ver se encontrava o GPS que tinha perdido na subida. Acabei por o encontrar já muito perto do carro, em pleno chão, e depois de passar uma vez mais pelas amigas barrosãs que me saudaram com enorme "Muuuuuuú"! Maravilha! Duplo objetivo concretizado! E uma vez mais magnífico passeio pela serra Amarela que fica na memória (ainda bem que não fui por Bilhares, sempre conheci uma rota diferente).

Depois foi fazer-me à estrada pelo vale da Ermida, diretamente até Arcos de Valdevez, onde após um belo jantar e sono retemperador de energias, regressei no dia seguinte (hoje) a Lisboa.

Muito obrigado Fernando por mais esta bela aventura!

01_serra boa

Additional Images Additional Images

01_serra boa log image 01_serra boa

02_serra boa log image 02_serra boa

03_serra boa log image 03_serra boa

04_serra boa log image 04_serra boa

05_serra boa log image 05_serra boa

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us