Skip to Content

View Geocache Log

Write note bmps2003 posted a note for eXTReMe CHaLLeNGe [UTSF]

Sunday, June 3, 2018Aveiro, Portugal

[Parte III]

Os incêndios fizeram algumas marcas e o denso mato ardido deixou os grossos troncos das estevas curvados pelo caminho, e tivemos que enfrentar a sua fúria durante uns 350metros, subir, passar por baixo, partir, desviar... e nunca mais terminava aquele tormento , talvez o pior desafio que tivemos que transpor em toda esta aventura.

Chegámos, finalmente a estradão aberto, já com a aldeia à vista, o que nos deu animo, isso e o términus da chuva no dia de hoje. Paramos um pouco aos 21km para descansar, mudar a roupa, alimentarmo-nos e continuarmos caminho em frente, até que...

E aqui surgiu um momento único neste fim de semana, que não irei aqui revelar em pormenores, mas será brevemente efetuado numa nova caixinha que irá surgir... Uma hora e tal depois, de uma revelação que só surgiu com o azar da chuva no rio, rumámos a Covelo de Paivô à boleia de um conhecido, foi um desvio um pouco maior, mas o único possível.

Alcançamos a Igreja em Covelo, já com 29km, onde nos despedimos e entrámos na recta final para Regoufe pelo PR13, um bonito trilho que com o belo tempo e solinho que se fazia sentir foi uma agradável surpresa para o fim de um dia muito duro com muitas sensações à mistura.

Mais de 300metros de desnível iam acumulando??????, cerca de 4km e 1h30 depois estávamos a chegar finalmente a Regoufe e com vista para o percurso para Drave, as longínquas montanhas e neblina a embelezar este quadro.

Entramos na aldeia já eram umas 20horas, muito cansados, mas muito felizes com esta primeira etapa, dura com 31km, e 12 horas de caminhada com mudanças climatéricas extremas, bonitos locais, cascatas, rios, montanhas, animais, tudo um pouco... Escusado será dizer que o descanso foi enorme e bem merecido para o desafio seguinte!!!

[Dia 2 - Regoufe - Drave - Póvoa de Leiras - Muro - Manhouce]

O longo primeiro dia estava ultrapassado, a primeira de 3 etapas, hoje para a segunda etapa, apenas iria ser feita com a companhia do Virgílio, pois seria uma aventura mais técnica e difícil para a corajosa Rainha Dilia que muito sofreu no dia anterior.

Acordamos e o dia estava solarengo, muito quente, nada fazia prever isto, se não até poderíamos ter começado mais cedo que as 8horas combinadas, mas lá nos fizemos ao caminho enquanto a Rainha iria deslocar a Caravana para Manhouce onde se iria encontrar com a Abelha Maya.

Seguimos o caminho para Drave via PR14, percurso este que nunca tinha feito, uma boa oportunidade agora. Começou com uma tremenda subida com pedra solta, mas sabia que iria melhorar e alguns minutos depois chegados a um grande cruzamento num local fantástico e com uma vista para as longas e extensas montanhas que iriamos percorrer umas horas depois. Continuamos pelo PR que agora se apresentava em sentido descendente.

O caminho foi-se fazendo bem, e ao 3º km, fizemos uma breve pausa para apreciar e estudar o percurso que iriamos fazer depois de Drave. Continuamos a descer até que começamos a ver a Aldeia Mágica entre vales cada vez mais próxima e com a sua beleza singular.

A Aldeia já era bem conhecida por nós e não iriamos perder muito tempo a visitá-la, aproveitamos aqui para ganhar tempo e entramos ao longo da Ribeira de Palhais, passando por inúmeras e belíssimas cascatas de água cristalina que nos provocava uma vontade enorme de mandar mergulho.

Fizemos 1,8km pelo rio acima, quer pelas suas margens quer saltitando de pedra em pedra dentro de água pois o rio tinha um caudal muito baixo permitindo que a progressão fosse mais rápida.

[Continua na próxima Write Note...]

BMPS5637

Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page