View Geocache Log

Found it Pintelho found Açude do Pego

Saturday, October 25, 2014Santarém, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

#2290, 10/25/2014 @13:24

Estava quase a fazer três semanas que caíra, sem grande aparato mas com direito a um traumatismo no pé direito.
Estava a praticar geocaching na montanha, numa T5. Não tomei as devidas precauções.
Fiquei duas semanas agarrado a um par de muletas, e uma terceira a coxear (no momento em que escrevo este log, ainda coxeio).
Esta não foi a primeira cache desde que regressei ao ativo (foi a segunda), mas foi a primeira em natureza.
T2. Diria que 2.5, tendo em conta as folhas de outono. Ainda assim, um passeio no parque.
Deixámos o cachemobile a 400m do GZ e seguimos o estradão de terra batida que levava direto à azenha vizinha do açude.
De repente, porque a cache não é muito visitada, e porque a humidade faz com que a vegetação no local rapidamente cubra os trilhos, ficámos sem passagem.
Estava na hora de entrar pela baixa relva adentro, e dar de caras com uma ponte de madeira, a escassos metros, ao velho estilho "Indiana Jones".

A velha ponte de madeira, meio holywoodesca, tinha tábuas partidas. No entanto, por cima das duas traves que seguravam, a todo o comprimento, a ponte, a sensação de segurança era total, o que nos levou a avançar sem problemas.
Foi, então, a meio da ponte que nos deparámos com a visão do açude.
Uma pequena cascata originava um lago de tons verde-acastanhados, refletindo o misto de tons que, por esta altura do ano, pontuam a natureza.

O primeiro pensamento que me ocorreu foi um ingénuo "Que pena que deixámos o almoço no carro. Este era o local ideal para comer...".
Depois, então, desfrutei daquele recanto de paraíso ali escondido, tão perto e tão longe.
Um pequeno campo, plano, com algumas árvores, fazia a margem esquerda e terminava numa elevação.
Nas minhas costas a azenha. Na minha frente, o pequeno lago do açude. E, no entanto, a pequenez e simplicidade não paravam de me maravilhar.
Inspirei, expirei, e senti-me de volta ao Mundo, aquele mesmo que nos surpreende e cuja falta sentira nas semanas anteriores.
Inspirei, expirei, e era hora de procurar a cache.
Procurámos em alguns lugares errados. Aqui, ali, e quando demos com a magana, a surpresa também foi boa. Um bom container, num bom lugar.
Desfrutámos do romantismo do sítio, recolocámos o container e regressámos.
Guardámos boas memórias, deixámos apenas as nossas pegadas, rapidamente encobertas pela vegetação, e um rabisco no logbook.
Virtualmente, deixámos estas palavras de agradecimento ao owner. E deixamos também um favorito.
Se esta cache não o merece, então o que o merecerá? Ficam também umas fotos para ajudar à descrição da aventura!

Obrigado pela cache!

[url=http://www.geopt.org/link.php?gctools=4]Logged by Geopt Geocaching Tools[/url]

Passei aqui?A ponte de acesso ao paraíso - Uploaded by Geopt Geocaching Tools -> http://gctools.geopt.org

Additional Images Additional Images

Passei aqui? log image Passei aqui?

A ponte log image A ponte

O Açude log image O Açude

O Açude v2 log image O Açude v2

IMG_0976 log image IMG_0976

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us