Skip to Content

View Geocache Log

Found it p@Che found La Ruta de Los Túneles - Barca d'Alva

Saturday, September 13, 2008Guarda, Portugal

#767

(1/4) O Inicio

Expedição à linha by família "grandes malucos" e geocão!

Cansados da viagem de "comboio" entre o Pocinho e Barca D'Alva, montamos os sacos cama no espaço que gentilmente o Sr. Amadeu nos cedeu para dormir no átrio do seu café. Como podiam ter lido no log da [url=http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?guid=2196d976-f6a5-4bb4-8bb2-b68b1025ec60]Na linha do Douro[/url], quando chegamos a Barca D'Alva para pernoitar e seguir para a Fregeneda, encontramos um café chamado "Cantinho da Cepa Torta" - N41 01.630 W6 56.395. Fomos recebidos como verdadeiros chefes de estado e nada nos faltou. Ele era copos de Tinto, casa de banho e espaço para dormir. Não contente, o sr. Amadeu ainda foi a casa buscar umas mantas e colchões para que dormíssemos um pouco melhor. Bom, o Manel e o marioafonso levaram aqueles tapetes, eu e o Manel Lusitano é que dormimos mesmo na pedra, enquanto que o resto da malta aproveitou os colchões.

Depois da voltinha pela Vila cerca das 00h30, lá tentei dormir um pouco, mas o sr. Amadeu só fechou o "Cantinho" cerca das 01h. O Sr. saiu e nem 5 minutos estava a chegar um outro carro que vinha ainda ao café ... mas mais espantados do que ver o café fechado às 01h05, foi ver 9 pessoas e um cão deitados no átrio do café, enrolados em sacos cama e protegidos por mesas!

Durante a noite terei dormido 2 horas no máximo. O chão era duro, muito duro, e deitei-me sobre uma pequena pedra que teimosamente não a quis tirar. Durante a noite fui ouvindo algum movimento na pacata vila de Barca D'Alva, entre pessoas aflitas que lhes doi-a o coração, até bombeiros e verdadeiros "Fangius" na curva em frente. Durante toda a noite verdadeiras máquinas de costura ouviam-se das bocas dos meu colegas expedicionários... Cerca das 05h o galo (ou galinha, não tive contacto visual com o galináceo) começou a dizer que estava presente. O despertador era só às 07h, mas parece que tudo estava contra o meu descanso. Aos primeiros raios de luz, das árvores da vizinhança começaram-se a ouvir os habituais pardais e outras aves. Às 06h30 chegava o Sr.Amadeu e com ele a clientela... passamos então a ser a atracção turística de Barca D'Alva. Não vale a pena continuar a tentar dormir, vamos é acordar!!!

Não foi pequeno almoço à cama, mas foi quase. E aquele galão e torrada a fazer lembrar o catalão depois das francesinhas, foi um verdadeiro tónico para o inicio da caminhada. Tempo de arrumar as tralhas, contar as cabeças que estavam prontas para a segunda etapa, e mediante as desistências deixamos ficar o peso e foi apenas o essencial. O Bruno por exemplos foi apenas munido de 1,5l de água e máquina fotográfica! Depois de planear a estratégia para não acordar o Geocão, lá seguimos 7 em direcção à estação de Barca D'Alva. Mas mesmo antes de chegar ao ponto zero, já estávamos reduzidos a 6, e foram esses 6 que chegaram até ao fim.

Eram 08h quando começamos a caminhada, mas ainda perdemos algum tempo a explorar a imponente estação. Apesar do notório abandono foi possível verificar a importância que esta estação teve no tempo em que as fronteiras eram fechadas e a Guarda Fiscal não deixava passar mala com azeite ou bacalhau! Fomos recolher a coordenada seguinte na micro e seguimos para a plataforma giratória, e sim, ainda funciona. Eu e o marioafonso fizemos questão de a mover alguns centímetros Depois da foto de família, avançamos em direcção às pontes e túneis.

Ruinas da Estação Barca D'Alva

Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page