Skip to Content

View Geocache Log

Write note Team Camaches posted a note for There's No Such Place As Far Away [Sintra]

Tuesday, May 1, 2012Lisboa, Portugal

CONTINUAÇÃO (Parte III)

Estacionado o carro no local recomendado e com o fôlego agora estabilizado, foi altura de conquistarmos as duas últimas caches do dia... A primeira, a grandiosa: There's No Such Place As Far Away by paulohercules. Depois de passarmos pela conhecida pinta vermelha e o sinal "OESTE" depressa conquistámos o último vale do dia que depois viríamos a percorrer no caminho de volta para o carro. O trilho levou-nos até ao início de um muro. Depois foi só perceber onde se iniciava o trilho que nos levaria lá abaixo, onde se encontra a cache. A descida foi rápida mas os joelhos já se queixavam... Ao chegar ao maciço de rochas pelo tamanho da cache percebemos onde poderia estar escondida. E apareceu, enorme, guardada pela bonita dedaleira (Digitalis purpurea) que nasceu naquele canto escondido. A cache impõe respeito e após a abertura deparámo-nos com um imenso conjunto de itens para troca... como não tínhamos nada, não retirámos nada. O logbook altamente personalizado, arranjado e conservado pelo nosso conhecido Paulo foi um prazer carimbar e escrever nele o que nos ia na mente. Tiradas as fotos de praxe e depois de colocada a cache de novo na sua grutinha, foi altura de subir (mais uma vez este verbo!) até apanhar o trilho principal que nos levaria à cache seguinte, a última do dia...

Eram já 13h15 quando nos apercebemos do imenso maciço rochoso diante de nós que escondia a derradeira cache: The Lonely Lookout by GreenShades... Mas quantos metros faltam? 30!? Toca a contornar... Avistámos então as ruínas de uma casa que seria o local para vigiar a aproximação de barcos pirata, ou não! A nossa imaginação pode levar-nos aos locais mais distantes, especialmente quando o cansaço já se faz sentir. Pelo caminho ainda avistámos uma dupla a subir a encosta a quem gritámos "UUUUUUUhhhhhhh!!!" e responderam-nos com um amigável aceno. Claro está que retribuímos. A cache apareceu rapidamente e só depois avistámos o memorial a um pescador desaparecido naquele local em 2006... tinha menos de 40 anos! Estas tragédias fazem pensar e reflectir um pouco...

Sem tempo para grandes reflexões acerca da vida, depressa voltámos para trás, pelo mesmo caminho, pelo mesmo vale, pelo mesmo sinal a dizer "OESTE" e chegámos ao nosso querido e estimado carrito que nos levou para casa (14h15) a tempo de comer um almocinho bem merecido.

Esta foi a história da nossa manhã e início de tarde, na qual figuraram paisagens absolutamente lindíssimas, arrebatadoras e indescritíveis, dois cães, duas pessoas, 11 caches, inúmeras gaivotas, muitos pescadores, um mar imenso e o "trilho da pinta azul" pinta esta que nos seguiu desde o início até ao fim do percurso. Foram 14Km incríveis, com muitos vales, subidas e descidas mas, sem dúvida, uma experiência que recomendamos a todos!

Muito obrigada pela cache!

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page