View Geocache Log

Found it global trekkers found Nunca percas o Norte!!

Saturday, January 28, 2012Setúbal, Portugal

#2487

(1/3)

Espectacular dia de caminhada em autonomia na Serra de Grândola, na companhia do Jorge, em busca desta mítica cache. Uma das melhores e mais enriquecedoras experiências no Geocaching e uma cache para relembrar, com lugar entre as nossas eleitas de excelência.

A preparação para esta cache começou contudo há uns meses atrás. Na verdade, esta tinha sido umas das 5 candidatas para ser a nossa #2000, milestone que acabou por ter lugar mais para sudeste no Baixo Guadiana. Ficou então sempre a vontade de a vir visitar logo que surgisse uma oportunidade para o efeito. Como entretanto se meteu o Verão, uma altura que queria de todo evitar devido ao calor intenso (como pude ler de alguns logs), só agora em pleno Inverno e num excepcional dia de Sol se conseguiu concretizar essa oportunidade...mas para isso foi necessário alguma preparação prévia.

A projecção de waypoints através do GPS era algo que já conhecia através de outra magnífica cache (http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?guid=bf015e62-1382-4a80-82d0-e6b1b07ba77d) em cujo tempo de vida não teve mais do que 13 founds. Foi aí que tomei contacto com essa funcionalidade. Foi contudo só nesta cache que tive a oportunidade de aprofundar e praticar em maior detalhe esses conhecimentos, bem como lidar com outros referenciais, como sejam os três diferentes tipos de norte, o que representam e os respectivos desvios associados. Sempre que tinha oportunidade, e depois do jantar, lá saía de casa e ia para a rua com o Oregon em punho, simulando e projectando diferentes pontos com diferentes settings (i.e. nortes), analisando posteriormente as diferenças obtidas para um mesmo ponto, utilizando ora o norte cartográfico, ora o norte magnético, ora o norte cartográfico. Após dominar esta funcionalidade, o passo seguinte foi comprar a carta militar #495 correspondente à area-alvo desta cache. Devo confessar que na altura pouco a consultei, uma vez que era Verão, e como tal não tínhamos planeado, a curto prazo, o ataque a esta cache.

Recentemente, e dada a situação meteorológica bastante estável em que o país mergulhou, com dias de céu azul e sol a brilhar, aliada ás amenas temperaturas, logo decidi que estava na altura de vir procurar esta cache. Comecei então por analisar a carta, nomeadamente o tipo de terreno e desníveis no geral. Depois, com a ajuda do ArcView3.2 e dispondo de todas as cartas georeferenciadas, abri esta em particular, e seguidamente transformei a coordenada geográfica do ponto inicial em coordenadas militares. Depois foi só marcar o respectivo ponto na carta em papel (e transformar em geográficas alguns pontos na carta que me pareceram essenciais pela leitura dos logs e fotos!), imprimir algumas páginas de logs com potenciais dicas para contornar eventuais dificuldades, comprar régua e transferidor e preparar tudo na mochila para o grande que se avizinhava. Hoje!

nunca percas o norte 01

Additional Images Additional Images

nunca percas o norte 01 nunca percas o norte 01

nunca percas o norte 02 nunca percas o norte 02

nunca percas o norte 03 nunca percas o norte 03

nunca percas o norte 04 nunca percas o norte 04

nunca percas o norte 05 nunca percas o norte 05

nunca percas o norte 06 nunca percas o norte 06

nunca percas o norte 07 nunca percas o norte 07

nunca percas o norte 08 nunca percas o norte 08

nunca percas o norte 09 nunca percas o norte 09

nunca percas o norte 10 nunca percas o norte 10

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us