View Geocache Log

Found it prodrive found Six Feet Under [Arrábida] (Locked)

Sunday, November 21, 2010Setúbal, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

12H30M
#5200

Desde que me lembro que descobri o Geocaching, que olhava para esta cache com extrema reverência, como uma das fronteiras finais a ser conquistada. Logo nas primeiras Geo-incursões à Arrábida que a cache estava na lista, mas a falta de preparação e de coragem para me aventurar sozinho, demoveu-me das intenções.

Umas dezenas de experiências espeleológicas em grutas bastante mais simples do que esta e algumas experiências em escalada, deram-me pelo menos o à vontade para encarar esta aventura de forma tranquila e consciente.
Quando surgiu a [url=http://www.geopt.org/component/option,com_jfusion/Itemid,53/jfile,viewtopic.php/p,16010/#p16010]oportunidade de cá vir com um guia experiente [/url] que conhece bem a gruta e já cá veio várias vezes, não hesitei em juntar-me ao grupo.

A expedição ficou agendada para esta manhã. Cerca das 10.30 horas começámos a subida pelo trilho recomendado. As chuvas dos últimos dias originaram um misto de lama e musgo, o que complicou um pouco a progressão, com muitas escorregadelas e patinanços.

Ao fim de alguns minutos, o grupo (Bolacha, Jasafara, Bolachinha, Francisco Safara, Óscar Geo-cão e o Jr) já estava na entrada da gruta preparado e equipado para descer ao centro da terra. Três adultos, três crianças e um cão, sem grande experiência em espeleologia não serão seguramente o modelo exemplar de grupo para uma incursão desta natureza, mas a vontade era grande e conhecendo o espírito de entreajuda das pessoas em questão, estava instalada a confiança de que as coisas iriam correr bem.

Já estávamos a entrar na gruta quando chegam o Paulo e a Anabela do team [url=http://www.geocaching.com/profile/?guid=d3eea947-aff2-45be-a50c-1579446f5e94]Abmapags[/url], que se tinham atrasado ligeiramente mas estavam no timming perfeito para se juntarem à expedição.

Um a um, e com algum auxílio aos mais novos e sobretudo ao Óscar, que tão depressa não deve ter muita vontade de se meter noutra, íamos destrepando cada um dos obstáculos, numa progressão não muito rápida, mas à velocidade que considerámos segura para evitar incidentes. Ao contrário do expectável a gruta tinha muita água a escorrer pelas paredes. As rochas estavam muito molhadas e escorregadias e havia muita lama onde o Bolacha nas expedições anteriores tinha encontrado terra seca. Nada de muito complicado, a roupa era mesmo para sujar, e a única preocupação era redobrar os cuidados para garantir a segurança de todos.
O uso de capacete é indispensável nesta situação. Inúmeras foram as pancadas que vi os capacetes amortecerem.

Galeria a galeria, descemos todos até ao pequeno orifício que dá acesso à penúltima sala. O Bolacha fez a estreia do "nascer de novo", e juntamente com o Júnior e com o Paulo, foram tentar resgatar a cache mas sem sucesso. O desconhecimento da sua localização dificultaram as operações de resgate.

Chegou a minha vez de tentar a sorte, mas não consegui atravessar o buraco, demasiado estreito para o meu tamanho. Reconheço as minhas limitações e a minha volumetria é de facto um entrave para conseguir chegar à sala onde a cache se encontra. Nunca pensei que isso pudesse ser tão limitativo, mas verdade seja dita, nunca me tinha visto em tão grandes apertos.

Mais sorte teve o Jasafara que conseguiu passar com o Francisco até à penúltima sala. Com a ajuda do Paulo que voltou a passar novamente a estreita abertura, conseguiram ajudar o pequeno e destemido Francisco a atravessar o buraco da agulha e a procurar a cache na última galeria. Ele foi mesmo o grande herói do dia, e para ele vão todos os créditos deste achamento . Contudo, a coisa complicou-se devido ao avistamento de uma tampa vermelha num local totalmente inacessível. Tentou-se de todas as formas resgatá-la e até a coleira do Óscar serviu de ferramenta, mas foi impossível conseguir-lhe aceder.

(Continua 1/2)

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us