Skip to Content

View Geocache Log

Found it charneko found The Island

Sunday, August 11, 2013Portalegre, Portugal

Que grande aventura!!!
Começou logo com o calor tórrido que se fazia sentir, só apetecia mesmo era mandar um mergulho, mas o tom da água fez-nos recuar, depois de alguma luta com as chaves e fechaduras do abrigo dos kyaks, lá se ouviu ao trinco a soltar-se e lá apareceram as embarcações numa sauna que até fez com que andássemos para trás... Depois de agarrar num kyak toca de entrar na água em direcção à Ilha dos Pescadores, ainda não tinha dado mais de uma centena de pagaiadas e uma surpresa, um Grifo dentro de água, sem luvas e com o kyak a abanar por todos os lados devido a já nem me lembrar da ultima vez que tinha estado num, segui caminho pois não podia fazer nada... Até que começo a sentir água a bater no "cú" o kyak estava a ficar cheio de água, já me tinha apercebido que a proa andava dentro de água tipo submarino, mas também os quilos que ganhei desde que encostei as pagaias podiam ser o motivo, mas não a embarcação estava mesmo a meter água por algum lado... Comecei logo a fazer contas de cabeça, para e tiro a água, já falta tão poucoi, até que comecei a pagar com a barcaça cheia de água e pumba, já estava a chegar à margem onde estariam a chegar o PPatrício e o LCarita, mais uma surpresa, uma corda de umas narsas ofuscadas pelo reflexo do sol quase me cortou ao meio, lá recuei e atraquei na margem, um pé em terra e o lodo/lama quase me fizeram tombar... Foi também quando me apercebi dos buracos que o kyak tinha que com a euforia de fazer a cache nem me apercebi... Tirei a água mas rolhas não encontrei nada que pudesse tampar tantos furos!
Ao fim de uns segundos lá chegaram os companheiros, lemos a dica e estudamos a direcção, pois não estava com vontade de molhar o telemóvel, lá segui na direcção que parecia correcta e passados uns minutitos lá apareceu o pinheiro e não tardou a aparecer o ninho imaculado, como novo, também era o segundo log... Entrei de novo na "jangada" e com o objectivo de regressar ao cais do Arneiro, como tinha que parar para tirar água da barcaça resolvi fazê-lo na zona do Grifo, parei tirei mais uns litros valentes de água e toca de tentar tirar o animal de dentro de água, resolvi atirar-lhe a camisola para tapar a cabeça, pois aquele bico é enorme e parecia querer cortar alguma coisa, com a ajuda da pagaia e depois de partir alguns ramos lá consegui pô-lo uns metros acima da linha de água, foi a primeira vez que mexi num grifo é mesmo um animal imponente, mas mais uns minutos penso que acabava por morrer, pois já tinha o bico dentro de água, não sei se o SEPNA, chegaria a tempo... Com salvamento feito foi pagaiar até ao cais e arrumar a barcaça, ligamos para o SEPNA, ninguém atendeu, da Quercus de Castelo Branco (Centro de Recuperação de Aves) ficaram de tentar falar directamente com a GNR, fico a aguardar notícias... Já a entrar no carro para regressar a Nisa, a ultima surpresa, a camisola cheia de bichos, umas pequenas lembranças do amigo grifo que já devia estar cheio de piolhos na espectativa que ele desfalece-se...

Resta-me agradece ao Owner por me fazer regressar a esta ilha!!!
OPC

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page