Skip to Content

View Geocache Log

Found it FamiliaSilvestre found LINHA ESTREITA-NARROW LINE

Sunday, June 12, 2011Coimbra, Portugal

Esta cache é uma nossa velha conhecida, de muitas histórias contadas pelos nossos amigos timearth.
Sempre tivemos vontade de a visitar até porque esta é uma zona do País que tínhamos muita curiosidade para conhecer.
Um dos objectivos deste fantástico fim de semana alargado passava por visitar esta cache, aliás, a última dos timearth que nos faltava logar, e tentar que fosse um número redondinho, o que era bastante ambicioso mas que acabou por se concretizar.

Depois de almoço chegámos ao castelo é ficámos logo surpreendidos com o local, encaixado no vale e pintado de verde por todos os lados. Iniciámos a caminhada até à central da Ermida por um estradão bastante fácil com poucas inclinações. O som da água a correr acompanhou todo o trajecto, mas já perto da central intensifica-se, o rio corria já bem perto e já se via. A central é um local surpreendente, um verdadeiro jardim à beira rio plantado. Depois de uma pausa para apreciar o local iniciámos a parte mais dura do trilho, numa subida muito inclinada, em que a distãncia ao início da levada ora diminuia, ora aumentava, numa aproximação muito lenta. Tivemos mesmo que fazer uma pausa a meio para retemperar as forças. Chegados à levada estávamos prontos para a terceira parte da aventura. Com as crianças e com medo das vertigens calçámos sapatos que pudessem ir para dentro de água (excepto o Puto Silvestre que estava pronto para fazer o trajecto todo por cima).
A levada estava seca ao início, mas mais para a frente tinha alguma água, primeiro quentinha por estar parada ao sol, mas mais para a frente geladinha por estar à sombra e a correr. Ao percorrer a levada a sensacão era que estavámos a entrar numa floresta, cada vez mais fechada e mais verde. Todos percorremos pedaços por dentro, e outros por fora, quando os declives eram menos acentuados. Depois de muito caminhar chegámos à zona da ponte, em que se observa o ribeiro de bem perto num local fantástico.
Continuámos na levada e acabámos por passar as escadas porque o GPS nunca marcou menos de 70m, só quando a distância começou a aumentar muito e a levada a ficar muito cerrada com silvas e outra vegetação é que pensámos que já não seria mais para a frente.
Regressámos atrás e lá demos com as escadas e com o formação rochosa onde a cache apareceu facilmente. Aproveitámos o local para retemperar forças para o regresso que foi bastante duro. Chegar ao fim da levada e calçar as botas foi um alívio, não tanto pela dureza do trajecto na levada, mas pela pressão psicológica e pela preocupação com os mais novos naquelas passagens a grande altura.
Regressados ao castelo fomos à banhoca nas piscinas naturais, bem geladinhas mas que bem que soube.
Feita na corajosa companhia da Mónica.

Obrigado aos timearth por esta aventura e por nos terem trazido a este local verdadeiramente mágico.

#3

2011-06-12_00048

Additional Images Additional Images

2011-06-12_00035 2011-06-12_00035

2011-06-12_00036 2011-06-12_00036

2011-06-12_00037 2011-06-12_00037

2011-06-12_00038 2011-06-12_00038

2011-06-12_00039 2011-06-12_00039

2011-06-12_00040 2011-06-12_00040

2011-06-12_00041 2011-06-12_00041

2011-06-12_00042 2011-06-12_00042

2011-06-12_00043 2011-06-12_00043

2011-06-12_00044 2011-06-12_00044

2011-06-12_00045 2011-06-12_00045

2011-06-12_00046 2011-06-12_00046

2011-06-12_00047 2011-06-12_00047

2011-06-12_00048 2011-06-12_00048

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page