View Geocache Log

Found it Benny-Danny found Nunca percas o Norte!!

Monday, May 16, 2011Setúbal, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

#15

Bem, antes de mais, deixem-me dizer-lhes que foi a cache que me demorou mais tempo, mais paciência e esforço físico.
Vou passar a contar o percurso feito.
1º dia (26/04/2011) - 14.56km de percurso de BTT, cache fácil de encontrar, e voltei para casa com a informação para calcular as coordenadas para a 2ª cache. Depois de confirmadas as coordenadas com o nunomatos, barrlu e lynx (que desde já agradeço a paciência e disponibilidade para me ajudarem) lá programei o percurso para a 2ª cache.

2º dia (03/05/2011) - 22.20km de percurso de BTT e a pé. Estava confiante que ia encontrar a cache, mas não sei como, coloquei as coordenadas erradas e fui dar ao local da 1ª cache, após subir serra com a bicicleta as costas, descer por locais sem trilhos e muitos arranhões, fiquei desanimado ao ver que o GZ no meu gps era o ponto da 1ª cache. Já não deu para voltar para trás, era tarde já. Voltei p'ra casa mas não desisti.

3º dia (08/05/2011) - 21.58km de percurso de BTT. Já com o caminho traçado e mentalizado que "era desta", chegado ao GZ (desta vez com as coordenadas certas) procurei por quase uma hora e nada. Não consegui encontrar. A pista fazia sentido, o local era aquele mas nada. Lá tive de voltar para trás, e no regresso "aterrei" duas vezes de bicicleta, resultando em algumas esfoladelas nas pernas. Mesmo assim não desisti...

4º dia (10/05/2011) - 16.81km de percurso de BTT: Depois de falar com o nunomatos, e ele me ter explicado +/- onde poderia encontrar, lá parti novamente. Mas, mas chegámos (ia mais um amigo meu) ao principio do percurso de terra batida, saltou um parafuso do esticador do carreto traseiro da minha bicicleta (é preciso azar). Decidido a não desistir lá tentei com umas pedrinhas enroscar o parafuso, visto não termos chave. Por sorte, o meu amigo, no meio do nada, encontrou um martelo que nos salvou o dia. Levamos o martelo connosco, não fosse o parafuso saltar novamente. Chegando ao GZ, 10m de procura e finalmente encontramos a 2ª cache! Voltamos felizes e no regresso deixamos o martelo maravilha no local onde o tinhamos encontrado. Pode ser que ajude alguém no futuro. Chegando a casa, calculei as coordenadas da 3ª e última cache e programei o percurso.

5º dia (16/05/2011) - 21.06km de percurso de BTT. Lá parti mais um amigo meu para a 3ª cache. Percurso muito difícil.. muitas subidas "tramadas" mas compensou! No percurso encontramos vistas espectaculares, encontramos nêsperas no meio do nada (bem saborosas!) e vimos 3 texugos granditos! Quando chegamos ao GZ, depois de umas fotos, procuramos a cache e foi logo (quem me dera que a 2ª tivesse sido assim tão fácil!!) Depois quando abrimos a cache... encontramos.. uma GEOCOIN! A primeira vez que vi uma (sem ser em fotos)! De regresso a casa, já muito cansados, mas muito contentes, foi mais fácil o percurso... quase sempre a descer e sempre com a mão no travão!

Resumindo. 5 dias para fazer uma cache e 96.21km de BTT (e alguns a pé com a bicicleta às costas). Custou imenso, mas valeu mesmo apena!

Muito obrigado pela cache lynx! Acho que, se consegui fazer esta, consigo fazer praticamente qualquer outra.

TFTC! Out: GC

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us