View Geocache Log

Found it hunterb_8 found LINHA ESTREITA-NARROW LINE

Friday, May 2, 2014Coimbra, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

Bem, esta cache deu que falar.. e suar!

Esta estava apontada como o ponto alto no que toca ao geocaching das mini-férias pelas aldeias de xisto, pois também serviu para comemorar a minha 200 :)

Começámos por fazer as caches vizinhas em redor do castelo, e seguimos o conselho do owner e deixámos o carro junto ao mesmo. A caminhada até à central eléctrica fez-se bem, até arranjámos uma companhia de quatro patas que se juntou a nós depois de lhe darmos um pequeno lanchinho.

Chegados à Ermida e, seguindo a descrição da cache, lá passámos a ponte e... subimos, subimos, subimos.. e subimos! Epá de certeza que já subimos muito, na descrição dizia "passar a ponte e subir por um trilho com algum desnivel", de certeza que já estamos mal.
A juntar a isto uma baralhação ao observar o GPS e, decidimos voltar para baixo até à central eléctrica e perguntar ao senhor que por lá andava a campinar onde era o início da levada.
Eis que a resposta foi a que menos queríamos: "uuui, isso é lá em cima de onde vocês vieram, já deviam ir a mais de meio caminho não?"

Um pouco abalados pela notícia lá decidimos subir novamente o "ligeiro desnível", aqui devo confessar que se não fosse a vontade da minha mais que tudo não sei se teria voltado a subir aquilo. Chegados lá acima, junto ao início da levada, woooow, só isto já compensou!

Fomos recompensados com um oásis de Sapos comuns, bem gordalhufos, a curtir as correntes trazidas pela levada. Depois de pararmos um pouco por ali a observá-los e também a repor energias, lá continuámos rumo à cache. Apartir daqui a coisa começa a ficar um pouco perigosa, ainda pra mais quando se está muito muito cansado, o nível de concentração tem de ser elevadíssimo para não cairmos daquele precipício, mas com calma, parando de vez em quando, e aproveitando para tirar umas fotos a alguns seres que nos foram aparecendo pelo caminho, a coisa fez-se.

Chegados ao sítio da cache, nem queríamos acreditar que chegáramos. Devo confessar que o local me desiludiu um pouco, tinha as expectativas um pouco elevadas demais acho, estava à espera de outra coisa, mas não deixa de ser espectacular. Deixa-nos mesmo envoltos pela natureza. A cache essa apareceu com rapidez e naturalidade, pena não ter lá nenhum visitante a precisar de boleia para os lados de Sintra =P

O pior de tudo foi agora ter de fazer o caminho de volta, mas com umas paragens a dois a coisa faz-se bem :)

Obrigado ao owner por nos proporcionar esta aventura. Leva favorito pois concerteza.

Hunterb_8 na companhia da Karokas :)

This entry was edited by hunterb_8 on Friday, 09 May 2014 at 12:15:10 UTC.

This entry was edited by hunterb_8 on Friday, 09 May 2014 at 15:19:01 UTC.

Sapos a curtir a a levada

Additional Images Additional Images

Sapos a curtir a a levada log image Sapos a curtir a a levada

Cobra minorca encontrada a meio da levada log image Cobra minorca encontrada a meio da levada

Na levada log image Na levada

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us