View Geocache Log

Found it Maxado found Homem das Cavernas

Saturday, February 5, 2011Santarém, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

1/2

#500!!!!!

O que dizer desta aventura?

Tudo começou com a ideia de partir em busca duma cache memorável para marcar as minhas 5 centenas de founds.
A ideia foi falada primeiramente com o Ftomar que achou bem de de imediato se prontificou.
Após umas dicas num fórum perto de si, decidi-me por esta cache, por estar tão perto de casa e tão bem recomendada que foi.
Depois de mais alguns convites da minha parte, o Que tás a fazer? lá se juntou a nós.

Mais tarde, vim a saber que a Dakidali estava interessada em comemorar também ali a sua 3ª milena de founds e levar mais alguma companhia.
Melhor ainda!! Disse eu. Uma boa cache e boa companhia. Estavam juntos os ingredientes pra umas horas bem passadas.

São Pedro lá ajudou e o dia estava excelente, como não via já há algum tempo e como combinado, as 08h45 estava em casa do Que tás a fazer? para o apanhar e arrancar pra Tomar, pro ponto de encontro.

Lá chegados notámos que ainda só lá estávamos nós e como o corpo tava a pedir cafeína, lá fomos nós a um estabelecimento comercial ali perto, onde ainda deu pra fazer umas festas a um gato muito engraçado que por ali deambulava.
Café tomado, toca de regressar ao ponto de encontro e eis que lá vinha o restante pessoal (Dakidali, Lusitana Paixão, Wolfraider, Renatojfsantos e Btt) na companhia do Ftomar, que também quiseram ir ingerir a sua dose de cafeína e/ou açúcar e onde toda a gente ficou a saber que esta cache não tinha founds há sensivelmente ano e meio. Será que ela ainda lá está??
Alguma conversa e toca de regressar aos cachemobils, onde nos esperava a ultima equipa, os PCSilva.
Com a maralha já toda junta, toca de decidir quais cachemobils iam e quais ficavam e arrancar.
Fomos então guiados plo Ftomar até ao estacionamento, onde nos aprontámos e fizemos à “estrada”.
1ª cache facilmente encontrada e depressa se descobriu o porquê da necessidade de bússola. Felizmente, existem GPSR’s que fazem maravilhas e a coisa correu bem.
A parte feminina dos Btt devia ter bebido café a mais, pois ninguém a parava. Toca se seguir por ali a fora como se aquilo fosse uma auto-estrada. Haja vontade!! Por ali fomos seguindo até que finalmente chegámos à parte onde se faria o rappel, mas como descer este pessoal todo seria demoroso, lá fomos à volta, mas não sem antes apreciarmos bem o “Buraco da Velha” e a paisagem, onde se puderam também ver, segundo o Wolfraider, corvos marinhos de faces brancas.
Voltinha dada, coisa fácil (ou não), chegámos ao interior do “Buraco da Velha”, onde a 2ª cache apareceu com facilidade e após uma pequena sessão fotográfica ao interior do “Buraco da Velha” (não me canso de dizer este nome, não sei porquê), o FTomar lá nos indicou por onde deveríamos ir.

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us