View Geocache Log

Found it vsergios found A Grande Armação II

Saturday, February 12, 2011Setúbal, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

Uma cache para a memória. Uma cache extraordinária.
Ainda não lhe tinha dado grande atenção, confesso, mas sabia à partida que um dia por ela procuraria. O Bringer em tempos soltou-me a curiosidade para ela. E antes de prosseguir com o registo, quero deixar aqui um grande abraço a este amigo que infelizmente hoje não nos pode acompanhar. O João é o Máiór!
O Bruno estava com medo que entretanto a II passasse a III e lhe escapasse a Grande Armação, de maneiras que era um marco de confiança para registar os seus dois mil e canhentos founds. E não se enganou!
Armação? Sabia que estava relacionado com pesca, mas não tinha ainda lido este fantástico texto da página, pelo que a surpresa e encantamento acho que dispararam quando nos embrenhámos por aqueles trilhos abaixo. E acho que exactamente isso que mais me encantou. Percorrer trilhos na falésia da Arrábida e ir imaginando que aquilo era o dia a dia de muitos fortes pescadores seculares. A dureza da vida nas armações contrastando com o fabuloso encanto da falésia a mergulhar naquele mar azul de soltar [i]relax[/i] a qualquer um.
O dia estava fabuloso e o caminho não custou nada, até porque era a descer! E depois de descer, foi muito giro dar com as ruínas ali especadas a beira mar. E tal como já tinha reparado, óptimo local para registar umas quantas chapas, mesmo que com o telefone.
Dividimo-nos por ali. Uns para aqui e outros para ali e outros para a cache. Depois juntámo-nos todos junto a ela, para umas macacadas. E claro, depois as fotos da prache nas escadarias, em baixo dos arcos.
E depois foi a subida. Foi difícil fisicamente. Mas o espírito estava cheio e facilitou a ultrapassagem de tal obstáculo!
E por fim, Choco, apanhado numa qualquer armação por aí! Mas depois de frito, e com bolacha e bolachinha!
Poucas mais palavras consigo arranjar para descrever esta aventura entre amigos, numa exploração histórica junto de uma das mais fantásticas pérolas da natureza que temos em Portugal (esta frase é sempre gira, poupa-nos umas quantas palavras e dão a perspectiva correcta do que sentimos em relação a estas caches fabulosas).
Obrigado bastante,
Vitor Sérgio, Bruno, Costa, Natacha, Miguel e Rui.

PS: [s]Kelux[/s] vsergios escreve pelo Acordo Ortográfico de 1990 (ainda).

12:06, Found it with [url=http://www.getcachebox.net]Cachebox[/url]!

getting ready

Visit Another Listing:

Advertising with Us