View Geocache Log

Write note p@Che posted a note for La Ruta de Los Túneles - Barca d'Alva

Saturday, September 13, 2008Guarda, Portugal

(3/4) O fim do percurso

Foi também na saída deste túnel que encontramos os camaradas que tinham ficado em Barca D'Alva. O sr. Amadeu levou-os até à La Fregeneda e estavam a fazer o percurso inverso, pelo menos até a este túnel, que pelo cheiro à entrada não quiseram passar. Voltávamos a ser o grupo inicial, a família, e lá fomos em busca da estação abandonada. A partir daqui o caminho já se sentia que tinha inclinação, algo muito subtil. A paisagem modificou-se, deixando de ver o vale com um rio, e apenas montes e vales secos, mas verdes - Saudades do Gerês.

Antes de entrar no último túnel, o infindável, tempo para passar um pontão sem qualquer corrimão, mas com traves bem grossas e seguras que permitiam a passagem em segurança. Na entrado do túnel, onde era possível ver ao longe o seu fim, por ser um local muito fresco, paramos para retemperar forças e fazer os últimos dois quilómetros. No sentido contrário uma família espanhola que vinha experimentar o percurso, mas depois de trocar umas ideias connosco decidiram apenas ir até ao pontão. A criança de menos de 5 anos que levavam não lhes permitia grandes aventuras como as que vivemos nós durante estes dois fantásticos dias. Depois de descansar, e como ainda tínhamos algum tempo de sobra para a hora combinada com o Sr Andres, lá seguimos em passada firme pelas travessas naquele túnel enorme. Fez-se muito bem, pois a frescura e a ausência de morcegos permitiu um agradável passeio.

À chegada à estação a Rute esperava o marioafonso que estava no pelotão da frente, e que nos avisaram para não ir explorar a estação. Estavam lá uns "Guardias Civis" que falaram com eles praticamente de arma em punho, e depois de revistado o carro disseram que não podíamos ali estar e que tínhamos de sair... não era seguro segundo eles! Bom, talvez, não sei o que se passou, mas se calhar explicar também não era mau. A verdade é que a placa também era esclarecedora, e lá fomos em direcção à estrada ao encontro do sr Andres. Para quem fez 49kms, fazer mais um era para arredondar as contas e lá seguimos. O calor já se fazia sentir, mas quase quase no fim da estrada terra batida lá apareceu a mini-van que nos levaria ao Pocinho. Desenhada para 7 pessoas, levava 9, e como era uma "Mercedes" o sr Andres com certeza queria mostrar as capacidades do ESP. Aquelas curvas e contra curvas foram radicais, talvez mais que as passagens das pontes. Lá seguimos até Barca D'Alva para recuperar as nossas pesadas mochilas e abusamos um pouco com o sr Andres, solicitando uma breve passagem por Castelo Melhor. Uma cache no caminho, um verdadeiro espírito One for the Road. Se fosse pelo Manel Eter, eram Two for the Road, mas ok!

A viagem era agradável tendo em conta as vistas, e o sr Andres foi muito agradável, servindo de guia indicando os pontos de interesse pelo caminho. Tinha uma condução um pouco agressiva, mas nada que não fosse possível ultrapassar. Deixou-nos no Pocinho, depois de passar por Castelo Melhor, cerca das 16h40. Ainda tínhamos uma hora até ao comboio. O valor da "corrida" foi 100€. Tendo em conta que para o número de pessoas teria de ser dois carros, lá fez uma atenção, ou não. Em conversa com o sr. Amadeu foi-nos falado que ele fazia a viagem por 15€ de Barca D'alva até à Fregeneda e 25€ de Barca D'Alva até ao Pocinho. Acredito que assim seja possível uma negociação melhor para os próximos

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us