View Geocache Log

Found it global trekkers found Serra do Caldeirão [S.B. Alportel]

Saturday, February 26, 2011Faro, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

#1887

(1/2)

Aventura na Serra do Caldeirão num espectacular Sábado de muito Sol e céu azul!
Este fim-de-semana viemos ao Algarve aproveitar o começo aparentemente antecipado da Primavera, só que desta vez não fomos para casa mas sim para outra parte do Algarve menos conhecida: a serra do Caldeirão. Fizemos da vila de Alte o nosso quartel-general de onde partiríamos à aventura pela serra.
A escolha da cache a procurar foi previamente decidida ainda em Lisboa. Queríamos uma cache diferente do normal, uma cache que nos levasse por locais fabulosos pela serra, uma cache com poucos founds, fisicamente exigente e com consideráveis probabilidades de insucesso. Em resumo, uma cache como nós gostamos, que desse muita luta. E assim foi escolhida esta “Serra do Caldeirão”, cache já com algum tempo, de um owner veterano e com muito poucos founds (e alguns DNF).
Saídos do hotel por volta das 9.30h, e depois de um bom pequeno-almoço, lá fomos a caminho da serra do Caldeirão, apreciando a magnífica paisagem que nesta altura do ano o Algarve nos oferece. Destaque sobretudo para as ribeiras cheias de água que nos iriam também acompanhar ao longo de parte do percurso desta cache. Chegados ao miradouro do Alto da Ameixieira, não pudemos deixar de contemplar a excelente paisagem de vales e montanhas a perder de vista e tirar umas boas fotos. A leitura dos números não ofereceu qualquer dúvida e em menos de nada, já estávamos a caminho do segundo ponto. Pelo caminho contudo, altura para mais um desafio: a cache “A 531m” que há muito desvendámos o mistério e que aproveitámos a proximidade do ponto final, para irmos em busca do respectivo tesouro. Objectivo facilmente cumprido e eis-nos de volta em busca do segundo ponto. Chegados ao local, um rio de água corrente e fresquinha no nosso encalço e obviamente não pudemos deixar de nos refrescar com este “tesouro”. Altura então de fazer as contas e eis que aparece a primeira contrariedade: o gps cortou parte da fórmula que dá acesso às coordenadas finais. Como no local não havia rede de telemóvel, toca de entrar no carro e ir para um local alto para apanhar a dita rede e conseguir arranjar alguém com acesso à net que nos safasse desta situação. Após vários telefonemas infrutíferos, foi a minha mãe que nos conseguiu ajudar, ao ditar a fórmula que nos faltava e deste modo permitir a continuação desta aventura.
Coordenadas finais inseridas e toca de fazer o ataque final ao tesouro. Acabámos por deixar o carro a sensivelmente 1.4km do ponto final, tendo de imediato iniciado uma grande caminhada que nos levaria a atravessar duas montanhas e outras tantas ribeiras, que proporcionaram momentos de frescura, quais pontos estratégicos de restabelecimento de energia. Os últimos 900m foram mesmo os mais exigentes, sempre a subir ininterruptamente a montanha com o Sol já a bater com alguma força para esta altura do ano. Quando chegámos à crista e demos com as antenas bem à nossa frente, não pudemos deixar de sentir uma enorme satisfação: a cache estava já bem perto e o GZ prometia vistas fantásticas. Assim, os últimos metros foram percorridos com grande ansiedade e a chegado ao topo foi prontamente comemorada! Que vistas fantásticas de 360º! Toda a imensidão da serra a nossos pés, realçada ainda para mais com um céu azul a perder de vista.
Antes de nos dedicarmos a um merecido almoço, ainda fomos procurar a cache que facilmente apareceu…e logo com um merecido prémio: um TB.

(continua...)

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us