View Geocache Log

Found it vsergios found 3500rpm [Santiago do Cacém]

Tuesday, July 28, 2009Setúbal, Portugal

Os tempos de crise já lá vão. Hoje queixam-se da crise mas esquecem-se que os tempos das verdadeiras dificuldades já lá vão. Não haviam os meios que hoje há, as facilidades que hoje se nos apresentam já sem darmos valor a elas. Hoje qualquer badameco tem um ganda carro (me included...), mas dantes era um sacrificio do caraças comprar e manter uma besta daquelas. Não que a gasosa fosse cara.
Bem, como já disse assim que a cache foi publicada, estes são os tipos de carros que me despertam o gosto por isto. Foi esta época que me fascinou, os carros desenhados e construídos a partir de finais dos sessentas. O meu sonho é comprar aqui os barracões antigos ao vizinho e fazer um stander só para mim, tipo museu, com oficina de restauro e tal. Os carros que gostava de ter, só assim por alto, seriam: Datsum 1000, 120, 120A, 1200, Toyota Corolla, Renault 4, 16, Fiat 124, 127, 500, Saab 96, Volvo 145 SW, Volkswagen Carocha, VW 1600, VW Golf I e II, Ford Escort 1300, várias versões do Cortina, Capri, Citroen 2CV, Pálas, Bocas de Sapo, etc, Opel 1204, Austin Minis, 1300 e tantas outras relíquias como estas e claro está uma secção só para Land Rover clássicos.
Mas enquanto isso não se concretiza vou relembrando o Datsun 1000 beje que o meu pai tinha, e do qual apenas me lembro que era fixe e confortável atrás. Depois de este ter ido parar à vinha em Runa veio o Mini 1000 castanho. Esse sim, veio para ficar por muito tempo e por incrivel que pareça levava a malta toda de férias que era um mimo. Não sei como, mas levava. Mas o carro mais saudoso e que ficou mais preso na alembradura foi sem dúvida o NSU 1200 C. Fantástica máquina alemã, de motor traseiro arrefecido a ar. Capô aberto preso com molas de borracha para refrescar melhor, naquelas longas e intermináveis estradas que nos guiavam até Lagos. O carro era bastante confortável e espaçoso, mas no verão era acrescentado um tejadilho de carga pois o porta malas dianteiro não chegava para a tralha toda. Os bancos de napa picotada permitiam-me fazer belas sonecas cá atrás, apesar de eu preferir ir sempre atento à estrada e a todos os sinais e regras que ía aprendendo. Foi também neste carro que dei os primeiros passos, ainda adolescente, ao volante, em Torres Vedras. Era uma máquina que ía a todo o lado. A sua altura ao solo e a suspensão suave eram óptimas para nos levarem por esses campos fora, por esses montes acima, em tantas aventuras. Uma coisa que me lembro é das regulares viagens Loures-Torres Vedras onde se tentava ao máximo poupar combustível e se desligava o carro (continuava a travar) nas descidas para irmos a deslizar kms e kms, tentando sempre bater o record da semana anterior. Era fácil. O carro deslizava bem, talvez também por ser pesadote.
Não sei o que lhe deu que teve que ser trocado por um ranhoso Austin 1300... que merda! Ficámos pelo menos duas vezes apeados no ip8, a regressar do Pessegueiro.
Ainda este fim-de-semana estive como o saudoso Opel 1204 em perfeito estado, dos pais do Rui, carro que tantas viagens me ofereceu. Sempre novo este carro.

(continua)

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us