Skip to Content

View Geocache Log

Found it bolacha found Formosinho [Arrábida]

Sunday, August 31, 2008Setúbal, Portugal

Numa manhã de cachadas pela Serra da Arrábida e marcada com uma semana de antecedência com o Rui (Kelux), Pedro (Os Galaxy) e o meu filhote (Bolachinha), chegamos ao local aconselhado para estacionar o cachemobil, a primeira cache da manhã era a "Lusitani: Península de Setúbal", a caminhada era razoável e em poucos minutos encontrávamo-nos junto da Ermida, a busca foi rápida e a cache descoberta num piscar de olhos, sobre o meu olhar atento os "convidados" fizeram os seus logs e aproveitaram para fazer o gosto ao dedo, com um disparar de clicks infernal fotografando aquela magnifica paisagem, que a serra da Arrábida nos proporciona.

Era altura de "atacar" o ponto mais alto da serra, a caminhada iria ser iniciada a partir da "Lusitani", nos primeiros 200 metros a "coisa" compunha-se e até se fazia bem, trilhos bem marcados e acessíveis, porém a certa altura o trilho deixa de existir...

Começam os nossos tormentos, será pela esquerda ou pela direita?!
Investimos no possível e imaginário trilho da esquerda, até que paramos num local de vasta vegetação e sem possível saída, só existia uma opção: O retorno!

Se não é pela esquerda só pode ser pela direita!
Nova tentativa de alcançar a tão desejada cache, mas o caminho era manhoso e feitos "cabras montanhesas" saltávamos de pedra em pedra até chegarmos a um novo beco sem saída, formado pela vegetação abundante e que nunca mais parecia ter fim.

Nesta altura uma ponta de desânimo começa a notar-se na cara dos valentes exploradores, apercebemo-nos que por ali não iríamos conseguir a proeza de um dia termos visitado a cache do "Formosinho", pelo menos pela vertente Este.

Nessa altura telefonamos á Rita dos rifkindsss, pensando que eles já tivessem feito uns dias antes a descoberta de um trilho possível de se caminhar, sem arranhões, esfoladelas, varejadas e outro úis do género...
(Rita desculpa, o culpado fui eu)

Até nisto estávamos enganados, decididamente, não era o nosso dia.
Uma nova chamada é efectuada, desta vez ao owner e a nossa questão era simples:
- Tmob a caminhada é possível através da Lusitani? A resposta era afirmativa e a esquerda era a solução... Se o mestre dos caminhos não possíveis disse que dá, é porque dá!

Meia volta e lá íamos nós a caminho do trilho já antes explorado sem sucesso de continuidade, mas desta vez ao chegarmos ao local, reparamos numa pequena abertura entre alguns arbustos e não existiam duvidas, só podia ser por ali...

O trilho a certa altura parecia uma floresta tirada da cena de um filme de aventura, onde as árvores nos abraçavam com tamanha delicadeza de fazer vir as lágrimas aos olhos , a caminhada fazia-se quase de gatas, fazendo-nos parecer um grupo de primitivos na caça da sua presa...

Nesta altura e com os braços já anestesiados com tanta vardascada e as costas doridas, por virmos todo o caminho a apreciar a textura da terra desta esplêndida Serra, começo mentalmente a chamar nomes menos próprios ao owner...

Mas ainda só estávamos a metade do caminho, que nunca mais parecia ter fim, assim como a me$%a dos arbustos espinhosos, as p&%#s das silvas e o raio que parta mais a serra, as pedras aguçadas que me cortaram as solas das botas, mais quem inventou o geocaching, os gajos que fabricam tupperwares, os caderninhos e ao fornecedor de lápis... e ao gajo que veio cá colocar aquela tralha toda...

(continua...)

[This entry was edited by bolacha on Thursday, September 04, 2008 at 1:32:16 AM.]

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page