View Geocache Log

Found it Cachecolhe found G.D.R.C.Unidos

Tuesday, March 27, 2012Leiria, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

#83, @16:06
[url=http://www.pauloadriano.com]www.pauloadriano.com[/url]
………………………………………….
Depois do intenso fim-de-semana, que me deixou com uma espécie de “jet-lag”, este dia de folga soube que nem ginjas. Ficar o dia em casa, a engonhar e a ver uns filmes, digam o que disserem, é retemperador. E se lhe juntarmos uma ou duas caixitas, melhor ainda.

  • Uma ou duas?! Com um dia inteiro e todo por minha conta, eu faria p’raí umas vinte ou trinta! – Ouço dizer desse lado. Sim, mas isso são vocês. Eu estou noutra onda, como facilmente se depreende pelos meus números.

Ora, foi agarrar na bicicleta e dar ali umas voltas ao pé de casa e fazer a visita às que estão em falta.

A primeira estação foi a cache dos tremoços. Esta há-de ficar atravessada no meu gasganete. Explico rapidamente: está num ponto que, há muito tempo, fez parte das minhas cogitações para a colocação de uma cache. Alguém se antecipou. E fez muito bem, porque eu desconhecia a ligação entre o poço e os tremoços. Também já tinha feito uma investida anteriormente. Mas, e já não é a primeira vez, há sempre um casalinho na história que me faz o favor de obrigar a fazer um registo “DNF”. Desta vez foi sem espinhas: não havia ninguém e o meu radar andava em dia bom, pelo que o ponto zero foi encontrado sem dificuldade.

A próxima do percurso, seria a do marco geodésico de Amor. Actualizada a descrição, reparei que estava desactivada. Terá de ficar para próximas núpcias.

[b]Assim sendo, vamos em direcção a sede do Casal dos Claros e da Coucinheira. Estacionei o veículo em frente à colectividade e, depois de dar uma vista de olhos à descrição e à dica, o resto foi fácil. Desta feita, a sorte até esteve do meu lado: havia uma furgoneta estacionada mesmo ao lado do ponto zero, pelo que estive à vontade para retirar o contentor do esconderijo e fazer o respectivo registo. O que não foi fácil, foi perceber o mecanismo do livro: [/b]

[b]- Desaparafuso? Desenrosco? Destapo? Destranco? - Nada disso! Por desconhecer e para não destruir, o melhor é deixar o autocolantezinho do lado de fora do rolo. O dono preferirá desta maneira ao risco de encontrar o documento desfeito.[/b]

Feita esta, ainda andei uns bons quilómetros tendo como alvo a Lagoa da Saibreira. As minhas contas davam-na mais perto, mas o sol e o cansaço da pedalada obrigaram-me a regressar casa.
………………………………………….
[i]Um log é a história de uma aventura que tem um tesouro no fim.
E também é um obrigado a quem nos deixou o mapa para lá chegar[/i]

[url=http://www.geopt.org/link.php?gctools=4]Logged by Geopt Geocaching Tools[/url]

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us