View Geocache Log

Found it Team Marretas found Crime! Disse o GPS [Murder! GPS wrote]

Sunday, April 1, 2012Lisboa, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

A chamada do Zero para o telemóvel tinha sido claríssima: Safem-me desta que tenho bilhetes para o derby! Como o ambiente aqui no escritório até estava calmo (efeitos da crise!) pensámos: Porque não? E assim foi: Chapéus metidos, gabardinas vestidas, toca a ir visitar a Real Casa de Campo, ali para os lados de Queluz, para um crime que se passou há 200 anos! 200 anos?? O Zero deve andar mesmo a precisar de um descanso...
Depois de vermos com atenção o processo, tudo ficou melhor explicado...Não passava tudo de uma questão de heranças! Bem, mas justiça é justiça e se houve homicídios temos de encontrar os culpados!
Chegados a Queluz, rapidamente nos dirigimos às porteiras, que entregando-nos a nossa credencial nos forneceram autorização para visitar os pequenos cantos do palácio!
Sempre bem guardados pela Guarda Real, começámos a desconfiar que realmente havia um grande interesse para que a verdade não fosse descoberta, tal era a pressão que os seus olhares dilacerantes aplicavam em cada observação nossa mais pormenorizada.
Mas a verdade é que ninguém engana estes Marretas, e mesmo bem escondidos, os assassinos foram descobertos, embora bem encobertos. É fantástica a sua segurança em como iriam ser ilibados de tão horrendos crimes, dado que as duas armas do crime estavam ali mesmo à nossa frente, expostas sem qualquer pudor!
Resolvidos os crimes, pensámos, porque não encontrar também o tesouro dos Duques???Sim, esse mesmo que se crê amaldiçoado por todas as assombrações possíveis. Como só os vivos nos metem medo, rumámos até onde a pista nos indicava. E aí vos dizemos, tal ouvimos em tempos idos: "no creo en brujas, pero que las hay, las hay".
Porquê? Descoberto o Tesouro, mesmo no momento em que acabávamos de assinar a folha que o acompanha, tornando-o nosso, dos ceús cumpriu-se a lenda. As lágrimas da Duquesa começaram a cair, como que a pedir que o Tesouro ali se mantivesse, para que os seus descendentes pudessem dele usufruir.
Como corações moles que somos, e confrontados com o irrefutável, lá o colocámos de volta no seu ninho, não sem antes deixarmos o nosso testemunho: A Team Marretas esteve aqui!

Obrigado por esta cache, que escolhemos para celebrar o nosso #1600 found!

infoA Mystery Cache is the “catch-all” of cache types, this form of cache can involve complicated puzzles you will first need to solve to determine the coordinates. The only commonality of this cache type is that the coordinates listed are not of the actual cache location but a general reference point, such as a nearby parking location. Due to the increasing creativity of geocaching this becomes the staging ground for new and unique challenges.
Visit Another Listing:

Advertising with Us