View Geocache Log

Found it nhau_team found Fenda da Calcedónia

Wednesday, June 19, 2013Braga, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

Esta cache... Tem muito que se lhe diga...

Esta cache estava na nossa "to do list" desde que nos tornámos geocachers mas como fica um bocado fora de mão, foi sendo consecutivamente adiada. Quando decidimos vir passar uns dias ao Gerês, começámos logo a pensar como é que iríamos ir procurá-la. pareceu-nos óbvio que a nhauzinha não poderia ir até lá por isso tentámos arranjar companhia. Como não conhecíamos ninguém por cá, nada melhor que organizar um evento para conhecer outros malucos como nós

Assim, às 18h (http://coord.info/GC4DFNB) estávamos já no evento sentadinhos a beber um café e a comer ovos moles e castanhas de ovos e meia hora depois arrancámos para a aventura do dia (ou do ano!). A nhauzinha acompanhou-nos até perto da entrada da fenda mas depois começou a ficar frio e o caminho começou a ficar muito complicado e nessa altura ela voltou para trás com o papá.

Até à entrada da fenda o passeio foi feito descontraidamente, em amena cavaqueira, com tempo para logar as restantes caches que iam aparecendo pelo caminho. Mas ao chegar á fenda, o assunto ficou sério. Facilmente percebemos que se não fosse o Pedro (razolas) iríamos demorar séculos a dar com a entrada mas com o nosso guia na liderança, ela lá apareceu à 2ª tentativa. Até aqui, tudo bem. mas quando entrámos na fenda, senti-mo-nos muito pequeninos. A imponência daquela estrutura natural lembra-nos o quanto somos frágeis, e o quanto tudo pode mudar se o equilíbrio da natureza envolvente mudar um centímetro que seja.

Passado o choque inicial e tentando afastar pensamentos negativos, focá-mo-nos no nosso objectivo: atravessar a fenda. Começámos a olhar para o que tínhamos pela frente e a imaginar várias abordagens mas todas nos pareciam impossíveis. Como é que iríamos subir aquilo? O razolas lá nos foi sossegando, já ali tinha passado algumas vezes e tinha sempre conseguido. Mesmo assim, olhei para ele com um ar desconfiado mas decidi confiar. Decidimos todos. confiámos que o razolas iria conseguir encaminhar-nos pelos acessos certos, o resto era connosco. Conseguir superar os obstáculos, não nos magoarmos e sair dali pelo caminho que nos tínhamos proposto dependia de nós. uns mais convencidos que outros, lá nos convencemos que íamos conseguir. E iniciamos a subida. O razolas ia na frente, eu ia a seguir sempre de olho no que o beyf ia fazendo. Ao primeiro obstáculo a sério, viu-se que tínhamos juntado um grupo fabuloso. Ninguém ficava para trás, todos ajudavam até cada um passar os obstáculos que iam aparecendo. E quando pensávamos que já tínhamos passado o mais difícil, eu perguntava ao razolas se o resto era mais fácil. A sua expressão dizia tudo, havia pior pela frente... E eu olhava para o céu tapado por aquelas pedras enormes e pensava "porque é que eu me meti nisto?". A meio da fenda as dificuldades naturais aumentaram por causa da humidade. Tinha chovido muito nos dois dias anteriores e algumas pedras ainda estavam molhadas. Houve um ponto em que o razolas se virou para mim e questionou se iríamos conseguir passar todos pelo obstáculo que tínhamos pela frente. Se ele tinha dúvidas, é porque a coisa era mesmo difícil. Mas voltar para trás já não era alternativa por isso só lhe pedi para não fazer a pergunta em voz alta . Olhámos para o novo desafio e seguimos em frente. Foi difícil mas mais uma vez, um após o outro conseguimos superar mais esse obstáculo.

This entry was edited by nhau_team on Saturday, 29 June 2013 at 23:51:21 UTC.

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us