View Geocache Log

Found it Pirat@ found Sombrosas - O Desafio

Wednesday, May 1, 2013Braga, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

Esta cache já estava programada há já algum tempo. Com o objectivo de preencher a grelha do Challenge81 esta cache tem uma combinação que precisava mas que afinal já a tinha preenchido uns dias antes, no entanto o desafio manteve-se.
Quando programei esta aventura, inicialmente tinha a intenção de ir de carro até á barragem e depois atacar daí. Mas lendo bem a listing, o owner sugere fazer o trilho que começa em Fafião.

Decidi aceitar a sugestão apesar de ter percebido que o percurso iria ser árduo.
Um dia tive uma excelente ideia, decidi criar um evento no facebook, dei o nome de “Tour – se calhar vou sozinho”, isto porque confesso que não iria ter companhia. Convites feitos e em poucas horas eu já lia: “Não acredito que vás sozinho”, “Se calhar vou contigo”, “Conta comigo”, “….não irás sozinho”, bem, confesso que fiquei mais animado.
E o dia chegou….
… 6 da manhã, cu fora da cama, marcado o encontro para as 9:00 em Fafião. Saídas de Valongo, Maia, Gaia, Porto e Marco de Canavezes, todos os caminhos iam dar á pacata aldeia de Fafião.
O Tour passou-se a chamar “Afinal não vim sozinho” (do meu ponto de vista)
Com esta brincadeira juntamo-nos mais de 20 aventureiros. Partida ás 9:30 e começa a grande aventura. Bastaram 10 minutos a caminhar e o ritmo cardíaco já estava bem acelerado, que diga a Clamie. No início o piso até é fácil mas bastante inclinado e rapidamente o grupo dispersava-se mas o espírito de camaradagem fazia com que o grupo se junta-se. Algum kms depois começa o verdadeiro Gerês, as paisagens fantásticas surgiam a cada km que percorríamos, touros e cavalos davam-nos os bons dias e o sol esteve quase sempre presente.
Por vezes fazíamos umas pequenas paragens para reabastecer, reforçar as energias e fotos da praxe.
A primeira grande paragem foi na cache “Fafião – Varanda das Sombrosas” e dali avistávamos na perfeição o que nos esperava horas depois.
Continuamos o caminho até á barragem e aí escolhemos o melhor restaurante para um belo almoço antes da subida final.
Cerca das 13:40 começa o “ataque”, começamos rápido mas 100 depois parámos todos, 2 touros no caminho a intimidar-nos fez com que esperássemos a ver quem fugia primeiro, fugiram os touros e continuamos a caminhada pelo estradão fora. 10 minutos depois chega a viragem á esquerda e assim sim começamos as sentir o verdadeiro desafio desta cache. Uma inclinação bastante acentuada e o inicio sem trilho, foi um autentico corta mato, felizmente trouxemos o track GPS que seguimos á risca e foi o que fizemos melhor.
Ainda me dói o pescoço de tanto olhar pra cima, muitas paragens fizemos para reagrupar-nos, muitas vezes olhávamos á nossa volta e admirávamos todo aquele fantástico cenário onde a única acção humana que víamos era o estradão lá em baixo. O objectivo aproximava-se, a 100 metros da cache ganhei umas energias extras e por momentos até corri pelo mato a dentro.
Cerca de 1H 30m depois eis que CHEGAMOS, VIMOS E VENCEMOS. O desafio proposto por esta cache foi conseguido. Recordo-me perfeitamente de ver todos aqueles guerreiros e guerreiras espalhados pelas fragas completamente estoirados mas com um sorriso no rosto. Um momento que me marcou foi o abraço que o B_M_A me deu, representou a entre ajuda de todos e que assim se consegue vencer gigantescos desafios.
A cache apareceu facilmente e depois do log feito veio a diversão a tirar fotos de várias maneiras e feitios sempre com o Gerês como pano de fundo. Momentos como estes têm de ficar bem registados.
O regresso á barragem foi mais a direito, com muito cuidado sem nos livrar de alguns arranhões, chegados á barragem correu tudo muito bem e seguindo o merecido banho.
De regresso a Fafião muitas vezes olhei para trás para ver onde tinha estado e parecia que aquele monte estava ainda mais imponente- Agora posso dizer: “Sombrosas – o desafio” EU ESTIVE LÀ!!

O objectivo

Additional Images Additional Images

O objectivo log image O objectivo

Espelho meu espelho meu.... log image Espelho meu espelho meu....

Pausa para descanso log image Pausa para descanso

Sombrosas log image Sombrosas

Enfim!!! log image Enfim!!!

Será que isto significa alguma coisa!! log image Será que isto significa alguma coisa!!

Desafio concluído log image Desafio concluído

Pirat@ nas Sombosas 2 log image Pirat@ nas Sombosas 2

Pirat@ nas Sombrosas log image Pirat@ nas Sombrosas

No topo das Sombrosas log image No topo das Sombrosas

No topo dasSombrosas log image No topo dasSombrosas

o convite log image o convite

o merecido banho log image o merecido banho

O aquecimento log image O aquecimento

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us