View Geocache Log

Found it Gato Maltês found Pedreira do Reguengo

Tuesday, March 10, 2015Leiria, Portugal

#628 - 16:24

Costuma dizer-se que devagar se vai ao longe e, em cada dia que passa me vou embrenhando mais nessa verdade de incontestabilidade quase perenal. De qualquer das formas, se assim não fosse, a experiências vividas acabariam por, mais tarde ou mais cedo, me fazerem cair nessa realidade. Contudo, a física de Einstein, através da teoria da relatividade, diz a quem quiser entender, o contrário, pois segundo ela, para aqueles que se movam ou desloquem mais rapidamente, o tempo passa mais devagar do que para os preguiçosamente imobilizados.

Deverá ter sido por isso que a minha nova companhia e companheira de aventuras me confidenciou um desejo – “Gostava de ir visitar aquele sítio onde os emblemas da Mercedes andam à roda quando está vento!” Ao princípio não entendi bem o que ela me queria dizer, pois o “bicicletês” é uma língua em constante evolução e na qual estou sempre a aprender algo de novo. Finalmente, após outros balbucios mais cuidados, percebi que ela queria, e eu também, ir espairecer para os lados do parque eólico de Chão Falcão.

Uma vez que tenho algo escondido para aqueles lados, e as visitas têm sido assimetricamente assíduas, em jeito de “test drive comportamental”, até convinha dar uma espreitadela para verificar o estado do recipiente e respectivo conteúdo. Daí que, após a digestão do almoço e aproveitando o dia fantástico, lá fomos nós.

Como tinha prometido ao owner desta geocache que da próxima vez que fosse verificar a - e s s ê n c i a - passaria pelo tesouro dele para retribuir a visita dele na mesma, após ter completado essa tarefa, lá fui eu revisitar o que resta da antiga “Pedreira do Reguengo”. Note-se bem que a visitei não só pela promessa, mas também porque entendi que a mesma possui os ingredientes necessários para que possa dignamente ser classificada como um tesouro.

Não foi a primeira vez que me desloquei aos resquícios desta pedreira, mas gosto sempre de dar uma vista de olhos aos pormenores que, em jeito de tatuagens naturais, ficaram eternamente gravados nas paredes nuas e escarpadas que vigiam o horizonte. E, à conta desta curiosidade inata em espreitar recantos na tentativa de descobrir algo diferente, acabei por ficar triste, pois descobri que alguém entendeu que o que resta desta “bocarra hiante” serve para depósito de lixo.

O resto passou-se na maior normalidade, pois as coordenadas estão certinhas e ao contentor só lhe faltou assobiar-me para eu o encontrar mais rapidamente. Para mim, a negrito e sublinhado, isto é geocaching. Um par de coordenadas, um contentor e um local. Tudo o que possa vir além disso não passa de jactância imberbe.

Obrigado ao Manipe pela cache e pela informação que me tornou mais rico.

OPC-TFTC
NO TRADE

Ó pra mim aqui.

Additional Images Additional Images

Ó pra mim aqui. log image Ó pra mim aqui.

Entre o céu e a terra... log image Entre o céu e a terra...

A primavera vem aí! log image A primavera vem aí!

Alecrim aos molhos. log image Alecrim aos molhos.

Os emblemas da mercedes. log image Os emblemas da mercedes.

É hora de voltar... log image É hora de voltar...

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us