Skip to Content

View Geocache Log

Found it vsergios found Ursa [Sintra]

Wednesday, December 31, 2008Lisboa, Portugal

Confesso que o ano não correu assim tão bem como podia ter corrido... O Geocaching foi uma das poucas coisas que o safaram. Por tudo. Pelos fantásticos passeios com a malta, pelas fantásticas expedições, pelas fantásticas caches. Enfim, por momentos felizes.
Então não podia deixar terminar o ano sem fazer outra bela cache, assim ao jeito de marco histórico, assim a jeito de comemoração, assim ao jeito de agradecimento. Daí a escolher a URSA nem chegou a ser um piscar de olhos, já que desde o dia da sua publicação que ansiava por esta passeata.
Estava decidido. E quando estava a preparar o equipamento na noite anterior, lembrei-me que o melhor seria mesmo convidar alguém para me acompanhar, pois os melhores momentos de geocaching deste ano assim o tinham sido. Sem ter tempo para respirar o Costa rapidamente acedeu ao convite.
Esperámos que a chuva fosse embora, enquanto se descobriam umas outras caches nas redondezas, e aos primeiros sinais de um céu mais amigável arrancámos estrada fora até aos pontos aconselhados. O Range facilitou-nos a tarefa até 620 metros da cache... mas não estávamos à espera que os restantes poucos metros fossem tão penosos.
Mas facilmente me esqueci o quão penoso era o caminho, pois assim que meti os pés no trilho o ar super fresco da manhã a soprar nas ventas fez-me esquecer tudo de mau, e trouxe tudo de bom. Ainda bem que decidimos vir mais cedo, que isto afinal é mais puxado do que o que eu estava à espera... e ainda bem. Libertar energias concentradas faz bem.
Assim que começamos a descer, vimos uns gajos de prancha de bodyboard a subir e metemos conversa. Tinham ído para a apanha do marisco autorizado (dizem eles)... e depois dizem que os geocachers são malucos. Não são muito, ele há mais malucos. E os gajos ainda ficaram contentes com a foto que lhes tirámos.
O terreno, via gearth, engana um bocadito. Fiquei surpreendido, mas contente por andar ali a calcorrear as arribas. A vista, a cada passo, e à medida que nos aproximávamos do mar, era cada vez mais deslumbrante e saborosa. E a Ursa, estava sempre à espreita, a ver se caíamos à ribeira de água cristalina e gelada. Mas não, ganhámos balanço pela encosta acima, que começava a ser embelezada pelo sol que nos fez umas pequenas visitas, até surpreendermos a Ursa e os seus filhotes, lá no fantástico ponto de observação da novíssima e éfetêéfezada earthcache.
Custava a andar a cada passo. Não que até ao final fosse agora difícil o acesso, mas porque era complicado arrancarem-nos dali. O mar e a praia agora iluminados pelos fracos raios de sol encantavam os olhos. Mas lá chegámos. Sem sombra para dúvidas a cache estava ali. Era notória a presença anterior de outros geocachers. E o local foi muito bem escolhido. Óptimo para contemplar a bravura do mar a chocar violentamente contra a encosta, a ver se dela nascem mais ursas, quem sabe?!!
Eu não me quero prolongar mais com os elogios, até porque isto começa a soar assim que a modos muito panisgas, mas o que é facto é que foram momentos de puro contentamento. Tanto o tempo que podemos desfrutar da pureza e beleza no local, como pela dificuldade do caminho até lá, como também pelo regresso... que agora tinha que começar... pois tudo o que é bom acaba depressa.
Mas espero que esta cache não acabe depressa, pois ainda irá usufruir de mais visitas aqui do je, pois que vai, pois que vai.
Só me resta agradecer. Não só pela cache, mas por tudo.
Obrigado bastante,
Vitor Sérgio e o Costa

Out: tb do farol

mas o maior é este

Additional Images Additional Images

upgrade de tabuleta upgrade de tabuleta

ela já à espreita ela já à espreita

bodyboarders de regresso bodyboarders de regresso

a encosta erudida a encosta erudida

os ursos os ursos

os primeiros raios de sol do dia os primeiros raios de sol do dia

mais ursos mais ursos

mas o maior é este mas o maior é este

este tb foi lá espreitar este tb foi lá espreitar

fúria do mar fúria do mar

e mais uma e mais uma

um log simples um log simples

depois foi só lavar as mãos... depois foi só lavar as mãos...

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page