View Geocache Log

Found it pessita0 found Chão da Aberta

Saturday, August 6, 2011Leiria, Portugal

Mas que grande cache!
Antes de partir de Lisboa vimos que a cache só tinha 2 founds...hummm...esta cache tinha alguma coisa de especial, tão poucos founds para uma zona tão visitada todo o ano? Vimos a dica do owner e percebemos que seria necessário alguma agilidade para a fazer, depois vimos a dica do log anterior e pensamos... é capaz de ser um bocadito complicada, mas se usarmos a mesma técnica, está no "papo" .
Já com um apetite especial para esta, colocamo-la na nossa rota do dia. Afinal, queríamos ser os terceiros a logar a cache .
Chegados ao local o ponto de interesse era mais do que óbvio e ficamos vislumbrados. Esquecemos de imediato os GPSs e intuitivamente, ainda no carro, o local do container já estava identificado .
A partir daqui tudo o que mencionei anteriormente resumiu-se à insignificância perante tal desafio .
Ali estávamos os 3 a dar voltas e voltas e mais voltas, mas começar a subir estava difícil. Eu nem pensava nisso, não era preciso tentar para perceber que só um guindaste me colocaria lá em cima.
O P. depois de algumas tentativas, que não ultrapassavam o 1 metro do chão, disse que tinha "perna curta", logo todas as nossas esperanças estavam no Lobito (o 3º elemento desta equipa). Olhámos para ele e os requisitos físicos estavam todos lá, já os psicológicos, não se podia dizer o mesmo.
Bom! Não podíamos ficar ali o dia todo, por isso peguei no carro e fiz exactamente o que a dica do log anterior dizia, carro junto ao tronco (não passava nada ali no meio), subida para o carro, do carro para a árvore, mais um passito e as pernas já tremiam por todos os lados as constantes espreitadelas para o chão, não estavam a ajudar e o nosso Lobito só pensava como é que ia descer dali. Procurou até onde o olhar e as mãos alcançavam e nada. A tensão impunha-se e todos pensámos que não podia ser mais para cima.
O Lobito começou a descer, provavelmente pelo sítio mais difícil, mas lá conseguiu, depois de ter os pés na terra, todo o corpo tremia e percebia-se porquê, uma falha ali e o resultado não seria bonito de ser ver .
Foi nesta altura que pensámos que provavelmente devíamos ter visto o GPS com mais atenção, afinal, aquele podia não ser o local exacto. GPSs na mão e todos indicavam para uma árvore mais ao lado, por breves momentos fez-se luz, aquela tinha sinais de quem já tinha tentado o mesmo. Lá começamos novamente e voltas e mais voltas e não fazia sentido ali não podia estar!!! O Lobito enviou um email ao owner para tirar a dúvida entre as coordenadas do GPS e o local lógico da cache.
Como estava tudo a correr tão bem, começou a chover. Lindo, essa era a cereja em cima do bolo que faltava . Nessa altura pensámos, isto devia ser dificuldade 4,5!
Decidimos ir almoçar, na esperança que a chuva fosse passageira e o andrehmicaelo respondesse. Estávamos a terminar o almoço e voilá, a resposta do andrehmicaelo com a confirmação da localização.
Com os ânimos restabelecidos fomos até ao Intermaché comprar uma corda, com aquela chuvinha persistente era demasiado arriscado nova tentativa à Rambo.
Depois de comprar aquelas cortas de estendal (as únicas existentes) reparamos logo à saída num estabelecimento que dizia, materiais de construção e bricolage , meia volta novamente e lá fomos comprar uma corda à medida do desafio (10m).
Novamente para o local, corda passada pelo meio da árvore, Lobito de um lado, P. do outro, corda a passar pelas presilhas das calças de ambos... Nó cego, máquina fotográfica na minha mão e uma verdadeira risada. Imagem que não vou esquecer tão cedo. Lindo, mas indescritível!
O Lobito subiu com toda a confiança e FOUND IT! YAY!
Quando o owner chegou já a cache estava na nossa posse até deu jeito, não teve de usar a sua agilidade para fazer a manutenção .
Foram mais de 2 horas para fazer a cache, mas sem qualquer hesitação leva um valente favorito.
Perfeita! Estas fazem a diferença!
Obrigada pela cache e pela boa disposição.

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us