View Geocache Log

Found it Bringer found A Cache Mentirosa (AKA "O Pinóquio")

Sunday, June 29, 2008Setúbal, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

Depois de ter passado fome e sede lá para as bandas de Sesimbra (a comida estava intragável e as bebidas estavam mornas) decidi vir dar uma voltinha sozinho em busca de alguma coisa que se comesse. Eis senão quando já ia quase em Trás Os Montes (uma viagem de 20 minutos a passo lento) quando ouço algo estranho:

  • Psst, Psst...

Parecia vir por detrás de um calhau que ficava ali à beira da estrada.

  • Hei tu! - sussurrou uma voz

Eu aproximei-me a medo e eis que dou com um fenómeno paranormal: um boneco de pau falante!

"Chiça, que o Plano Tecnológico agora deu para inventarem Nenucos de pau narigudos e falantes", pensei para com os meus botões enquanto avaliava aquele pequeno sujeito.

  • Não me olhes com essa cara estranha - continuou o boneco de madeira - Preciso que me faças um favor

  • Qual favor? Não sei se posso confiar em ti, hoje em dia os gajos do carjacking inventam 1001 maneiras de gamar um tipo - retorqui eu.

  • Não seja parvo. Para já não vens de carro e depois com a crise do petróleo roubava-te era o gasoso e deixava ficar o carro. O que te tenho para pedir é uma coisa simples

  • Diz lá... - respondi com o meu ar de pouco convencido

  • Tive uma desavença com uma velha raposa que mora ali mais abaixo e ela, para se vingar, roubou o meu kit de limpar o pó. Já o topei, só que está do outro lado da ribeira e a humidade faz-me mal ao caruncho. Se o recuperares prometo que te dou algo de muito valioso que guardo lá dentro.

"Bem, não me parece um pedido muito dificil de concretizar". pensei eu, tirando as medidas ao pequeno fio de água ao qual dificilmente se poderia apelidar de "ribeira".

  • Ok, eu alinho. Espero que não me estejas a enganar, senão ainda faço de ti lenha para fogueira!

  • Ótimo (sem "p", que é para começar a cumprir o acordo ortográfico). Vais ver que não te vais arrepender!

Lá meti mãos à obra. A ribeira podia ser pequena, mas o raça da pedra era escorregadia, o que ainda deu azo a alguns espalhos, para grande divertimento do boneco diabólico que me contemplava ao longe.

Finalmente lá consegui passar aquilo e após um pouco de procura lá dei com uma caixa de madeira. Parecia ser aquilo de que eu estava em busca. Para confirmar abri a caixa. Eis que salta de lá uma enorme cara feia de madeira, presa a uma mola. Com o susto dei um grande trambolhão para trás e enquanto tentava recuperar o discernimento só me lembro de ouvir aquele estúpido bocado de pau a afastar-se rapidamente às gargalhadas.

  • Já consegui enganar mais um! - ainda o ouvi dizer ao longe.

Tarde de mais! Quando me consegui levantar já o brincalhão ia longe. Mas há de mas pagar!
Bom, felizmente nem tudo era mau. Para além da beleza do local também os colegas da Geosardinhada decidiram vir em minha busca, preocupados que me faltassem as forças por comer tão mal. Grande amigalhaços!

Sinceramente só se devia tentar encontrar esta cache no 1º de Abril...

TNLN
TFTC!

Abraço!

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us