View Geocache Log

Found it alieri found RUDIAN (Arrábida)

Sunday, June 10, 2012Setúbal, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

Há uns dias uns amigos tinham-nos desafiado para ir até à Arrábida passear e procurar umas caches. Filtrámos aquelas com mais favoritos, onde esta cache surgia no top, e partimos à aventura. (Também uns dias antes, em Linhares, o destemido condutor da wind-bus tinha-me falado da Rudian).
A curiosidade era portanto muita, e a quantidade de favoritos acumulados sugeria umas horas de grande qualidade.
E assim foi. Chegados ao local, demorámos algum tempo a encontrar a primeira micro, pois estava muito bem escondida. Debatemos durante mais tempo ainda, o significado das dicas, voltámos atrás, confirmámos que estávamos no caminho correcto, e lá começámos a descer.
Lá fomos, calmamente, superando os primeiros obstáculos, com mais ou menos dificuldade, até que encontrámos a dica (e ali perto a micro) do segundo ponto. Isso deu-nos mais confiança de que estávamos no caminho certo. Tirámos foto às dicas da etapa seguinte e avançamos para mais um troço de trepa - destrepa - raspa - suja - põe o pé ali - apoia a mão acolá. A cada passo os medos iniciais desvaneciam-se, a satisfação aumentava, assim como o deslumbramento pelo lugar onde nos encontrávamos, tão perto da estrada e tão inesperado.
De desafio em desafio a dificuldade subia ligeiramente, mas as dicas confirmavam que seguíamos o trilho correcto. Aliás, apesar de ser um local recondito, em muitas zonas dá para perceber quais os locais de progressão, pois existe uma espécie de geo-trilho (pegadas, pedras com zonas mais gastas, etc.).
A determinada altura (ou deveria dizer profundidade?) decidimos que era melhor pôr os capacetes e tomámos consciência de que a roupa tão limpinha que trazíamos nunca mais ia ser a mesma (aliás, a conta da lavandaria seguirá para o owner a.s.a.p.).
Um dos pontos altos foi quando se desce às entranhas da serra, para uma zona sem qualquer luz solar, onde os frontais e lanternas foram fundamentais, assim como a entreajuda e a calma exigida para perceber como cada um deve 'atacar' o próximo desafio. Pressas não é connosco, e aqui ainda menos.
Aliás, em termos de material, recomendo vivamente o uso de capacete, nem que seja de ciclismo, frontal (a lanterna mantém uma mão ocupada, e por vezes até dava jeito ter mais do que duas ), luvas e roupa que não gostemos muito, incluindo calça e uma camisola/sweat de manga comprida. Tinham-nos falado do uso de cordas, mas não sentimos falta, talvez por sermos todos "perna-longa".
Á medida que nos aproximamos do final, a humidade aumenta e a cautela nos apoios nas rochas tem que ser maior.
(continua)

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us