Skip to Content

View Geocache Log

Found it timearth found Pé de Cabril [Gerês]

Thursday, December 29, 2011Braga, Portugal

Como o dia anterior tinha sido cansativo para os filhotes, pois tínhamos andado no Contrabando
Para o dia de hoje estava reservada uma boa cache na parte da manhã e uma ida ao banho de tarde para as águas quentes de Espanha.
Sem dúvida foi uma excelente escolha este Pé de Cabril.
Bem cedo saímos da Portela de Leonte e avançámos calmamente a saborear uma manhã fria, mas de um azul estonteante onde pelo caminho fomos descobrindo enormes azevinhos que ladeavam o trilho.
Depois foi surgindo a idade do gelo e ainda pensámos encontrar o Sid o Many e os Gambás.
Mas saltando de pedra em pedra fomos evitando o gelo, porque patinagem artística não é o nosso forte.
O Sol foi aquecendo o nosso caminho e as mãos do nosso pequeno João que no início estava com medo que as mãos se fossem partir de tão geladas que estavam. (as coisas que a miudagem pensa)
À medida que nos aproximamos os nossos olhos não abandonam esse belo promontório.
Depois vem a fenda e logo recordamos a Calcedónia vá lá saber-se porque?
É sempre divertido andar de gatas e rastejar pois ficamos mais perto dos odores da terra e do granito.
E eis que vem a escalada final numa bela escada de rocha com aquela enorme parede ao lado.
Por momentos recordo o Lionel Terray e o seu livro " Os conquistadores do inútil."
Ainda vi dentro dos meus olhos uma corda de cânhamo deixada ali por ele ou outro pioneiro desses tempos!
Não temos a ambição de nos comparar a ele nos seus feitos, mas apenas nessa conquista do inútil.
A varanda por baixo dos degraus da ferrata é um sítio magnífico para ficarmos sentados a saborear o sol e sonhar voar.
O nosso corpo está ali mas nós pairamos por cima de tudo como nos sonhos de criança onde voamos de pijama.
Naquele momento pensamos reconhecer todos os locais que vemos á nossa frente.
Todos os cumes, todos os prados, todos os rios, todos os bosques, todos os azevinhos e todos gelos sejam eternos ou não, são a nossa conquista do inútil.
Mas o que reconhecemos melhor é o momento de alegria!
Vencemos aqueles degraus e escolhi o pior acesso para os últimos metros (uma pequena fenda que ninguém deve saber que existe)
O conteiner apareceu e os Azulejos eram demasiado brancos para aquele granito, no entanto eu respeito as cores diferentes das minhas.
Log feito e novo olhar para tudo e para nada e para um acesso bem mais fácil para o ferro cravado na rocha.
Os nossos miúdos lá estavam sentados naquela janela sobre o mundo a apreender a voar.
Agora era o momento de regressar a flutuar sobre o gelo e os momentos vividos nesta bela aventura.
Não vimos Gambás nem o Many ou o Sid, nem sequer o Lionel, apesar de eles estarem ali connosco.
Era a hora de rumar para a água quente para relaxar o corpo porque a nossa alma já estava.
TFTC
IN – Geocoin
OUT- Geocoin

Na Varanda

Additional Images Additional Images

Na Varanda Na Varanda

Azul oculto Azul oculto

Melhor caminho Melhor caminho

Bonita formação Bonita formação

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page