View Geocache Log

Write note ajsa posted a note for A torre do javali

Friday, August 1, 2014Évora, Portugal

(...continuação - Parte II)

14:00 (almoço)

Num pequeno papelucho com coordenadas que retiramos para orientação, tínhamos uma espécie de mapa com as várias ilhas, coordenadas e distâncias entre elas. Desta forma sabíamos a nossa progressão e localização aproximada. Entre duas ilhas próximas, numa margem com vista para outra margem, ancoramos e almoçamos. Somos loucos mas não parvos. Estávamos em autonomia mas o almoço contava com uns bifinhos de peru grelhados, uma arrozinho de ervilhas e fruta, muita fruta. Comemos bem, parecia que estávamos num restaurante gourmet com localização privilegiada em pleno contacto com a natureza alentejana.

15:00 (regresso à albufeira)

Fizemos-nos novamente à viagem. Tudo arrumadinho, lixo recolhido e acondicionado, partimos em direção ao nosso objetivo. Pelo caminho, parava-se para umas fotos, brincava-se e desfrutávamos desta imensidão quase exclusivamente nossa. A sensação de liberdade é mesmo muito, mas muito boa.
16:30 (café, gelados? Lol)
A determinada altura, e como estávamos mais ou menos bem posicionados face aos nossos objetivos, surge uma ideia:

-“E que tal irmos até à barragem? Há lá um cafezinho e podíamos comer um gelado e tomar um café?”

Mas é que ninguém disse que não apesar de se aumentar em 5 km (2,5 km para cada lado) a nossa viagem e como até estávamos com tempo… A moral estava mesmo bem elevada.
Já bem inseridos na zona de (talvez) maior largura da albufeira, o vento levanta-se e começa a complicar um pouco a missão. O bote dos mantimentos que rebocava-mos era empurrado pelo vento que por sua vez puxava a popa do kayak forçando-o a um novo rumo exatamente oposto ao que desejávamos. Foi uma luta bem tramada.

17:00 (Conquista da barragem)

Acabamos de chegar ao lado esquerdo da barragem. Colocamos as embarcações em terra firme e eu ofereci-me para ir ver que gelado tinha o café…
Mas, então não era suposto fazer a aventura em autonomia? Isolados? Só com a paisagem do Alentejo?
Pois, foi o que aconteceu mesmo. O café estava em completo abandono, não havia nada para ninguém. Mas se pensam que desmoralizou, enganam-se, foi razão para grandes gargalhadas.

17:30 (rumo à ilha do Javali)

A Ilha do Javali, o nosso porto de repouso, ficava a 2500 m à nossa frente com muito vento lateral que prometia complicar a nossa jornada. Não se via viva alma, apenas nós, a nossa boa disposição e água, muita água (mas mesmo muita lol)

18:30 (Conquista da Ilha do Javali)

Chegamos à ilha, a água estava quente mas quente a sério. Bem bom. A cache estava ali à nossa espera, sem oferecer qualquer resistência e do seu local a vista…. Mas que vista. Fiquei por ali ainda um bom par de minutos enquanto outros brincavam com os kayaks e outros desfrutavam o momento.

(continua...)

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us