View Geocache Log

Found it WIMM Team found Rio d'Aventuras - A Lagoa

Sunday, March 25, 2012Aveiro, Portugal

It looks like your log contains HTML or UBB formatting. We now use Markdown formatting because it works on both web and mobile. Would you like to convert your log?

Success! To keep these changes, hit “Submit Log Entry” at the bottom of the page.

Hmm. Some of your log formatting is not supported. You might want to remove it and use Markdown formatting.

#2499

Faltava apenas uma cache para a tão esperada #2500, que seria a "Lost Nazi Mine", ali ao lado. Percorremos o túnel que nos levaria a ela mas não fizemos a cache em si e viemos em busca desta. Seguimos o caminho ao longo do rio, maravilhados com a beleza do local. Primeiro desafio: ultrapassar a primeira cascata, que tinha umas pedrinhas à tona, mas não suficientes para uma travessia "a seco". Lá acrescentámos mais duas ou três ainda sem noção do que iríamos ultrapassar a seguir . A primeira fase do caminho foi feita em suave passeio, um atravessar do rio aqui e ali procurando o lado mais acessível. Foi então que, já muito perto das coordenadas, a bússola no indicava para um lado que não nos fazia muito sentido e, com a dica na cabeça, fomo-nos indagando se seria ali ou além. Nada disso , estávamos completamente enganados! Só ao "dobrar a esquina" e ao ver uma das imagens que agora reparámos que está na listing, percebemos que aquilo sim, eram cascatas! . Com a nossa vontade de fazer mais esta e a nossa paixão por cascatas, resolvemos seguir caminho, embora a dificuldade para lá chegar tivesse aumentado abruptamente. O António seguiu calçado, a Magda arregaçou as calças e seguiu descalça atrás dele. Deixou-se tudo para trás: mochilas, ténis, água e afins. Ao chegar junto da maravilhosa cascata um graaaande imprevisto... Ainda não era ali . Era ainda mais para a frente e teríamos de transpor aquele complicado ponto. Ui, água gelada, vestidos, uma queda considerável, GPS, telemóvel, ... mas pronto, vai ter que ser ! Nesta fase foi a Magda que seguiu primeiro, afinal descalça sempre podia molhar as pernas e assim foi, até ao joelho, mas o obstáculo foi transposto sem problemas . Sem GPS, que tinha ficado com o António lá em baixo, lá foi seguindo até que... Uauuuuu! Aquilo é que é a cascata!!! A seguir claro que veio ele, sempre atento a ela, e foi em conjunto que admirámos um dos mais belos locais que já encontrámos a fazer Geocaching. Uma paisagem de encher a alma, uma cascata maravilhosa e imponente, uma lagoa de deixar água na boca de apetecer mergulhar, o que pelo frio não foi possível... Que paraíso, que pedaço de Natureza intocado magnífico! Admirámos ainda longamente o que nos rodeava até termos decidido ir logar a cache, que já tínhamos tirado "pela pinta" na aproximação . Uma cache que, sem dúvida, nos fez considerar se não teria sido ainda mais digna de milestone do que a escolhida. Faz-nos compreender completamente o porquê de ser uma das nomeadas de 2011 e concerteza se tornará uma das caches míticas do nosso país, assim que receber mais visitas e os favoritos forem crescendo. Adorámos, foi uma experiência a não esquecer nunca! Depois foi fazer o percurso inverso, com calma e muito cuidadosamente para não cair. A Magda ainda descalça, o António incrivelmente calçado e com os pés secos . Maravilhosa, iremos recomendar sem sombra de dúvida! Assim vale a pena fazer Geocaching, isto sim é qualidade!

TFTC

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us