View Geocache Log

Found it GeoTrekker Team found O Criptex Perdido - Santo António Das Pinheiras

Saturday, September 22, 2012Leiria, Portugal

A equipa Geotrekker sobrevoava o Atlântico num Geocoptero supersónico.
Tinhamos completado mais uma árdua missão no 4 Seasons em Leiria e preparavamo-nos para umas mais que merecidas férias nas Caraibas. Os obstáculos tinham sido inumeros, entre suor e sangue lá tinham conseguido contornar as armadilhas deixadas pelo Clã de Owners ao longo do caminho

Quando passavamos sobre as Berlengas toca o GeoMobile. Uma mensagem do QG com os dados de uma nova missão. Auxiliar o GeoFBI no encalce do Criptex Perdido de Leonardo da Vinci. Este tinha sido roubado pela GeoQuadrilha e segundo consta escondido em N 39° 50.219 W 008° 38.274, uma densa floresta para os lados de Vermoil.

O GeoMobile começa então a contagem decrescente. Já sabia o que havia a fazer. Rapidamente abri a janela de Geocóptero e lancei o GeoMobile para o mais longe que pude. Antes de tocar a água este explodiu desaparecendo em mil pedaços pelo ar.

Logo dirigimos o Geocoptero para as coordenadas dadas e ao fim de alguns minutos sobrevoávamos o local.

No terreno, a equipa do GeoFBI já vasculhava a área na busca de pistas que determinassem a localização do criptex. Pouco se tinha conseguido até ao momento. Umas pontas de cigarro aqui, umas pegadas ali. Nada de conclusivo que nos levasse até ao local do Criptex.

Trouxemos do Geocoptero todo o material necessário. Uma bateria de material informatico, analisadores, scaners, material de laboratório, reagentes, etc...

Em menos de 15min já todo o material estava disposto no campo e trabalhávamos os pequenos sinais resultados de pequenos discuidos do Clã dos Owners, pois é que não havia a minima dúvida que este era um trabalho da sua autoria. Ao longe já cheirava a obra deles...

As interferências do equipamento eram muitas, provavelmente devido aos radiodifusores e alteradores de frequência de GPS que os GeoOwners costumavam colocar em pontos estratégicos do terreno, no entanto ao fim de cerca de 10 min já tinhamos o container na mão.

Mas o trabalho ainda não estava terminado. Havia que descodificar a password do criptex. Logo introduzimos os pontos azuis e os pontos verdes (que se encontravam distribuidos numa estranha disposição pelo criptex) no nosso Geoportátil

O resultado era uma nova coordenada. Acompanhados por agentes do GeoFBI armados até aos dentes lá fomos até às novas coordenadas. Pelo caminho tivemos de nos deparar com animais selvagens, escapar a várias armadilhas e contornar a perda de sinal do GPS. O Clã dos Owners continuava a fazer tudo por tudo para evistar que concluissemos com sucesso a nossa Geomissão.

Chegados a este novo ponto logo colocamos a informação no Geoportátil. Passados outros 10 min tinhamos a palavra passe na mão.

O mundo estava salvo. Abrimos o Criptex e com cuidado retiramos o tão desejado tesouro.

Mais uma missão cumprida, restava-nos levar o Geocóptero em direcção às Caraíbas para ver se era desta que conseguiamos aproveitar o sol e a praia por aquelas bandas

Resta deixarmos o nosso agradecimento ao GeoFBI pelo trabalho desenvolvido do terreno. Sei que o caminho do Evento 4 Seasons até aqui também foi dificil e sem eles não teriamos completado esta missão

1109

infoA multi-cache ("multiple") involves two or more locations, the final location being a physical container. There are many variations, but most multi-caches have a hint to find the second cache, and the second cache has hints to the third, and so on. An offset cache (where you go to a location and get hints to the actual cache) is considered a multi-cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us