Skip to Content

View Geocache Log

Found it Ernesto Garcia found Fenda da Calcedónia

Saturday, January 5, 2013Braga, Portugal

Que magnífica aventura, mas muito atribulada.

Deixámos o cachemobile no local recomendado na listing da cache, e depois começámos a percorrer o trilho virando à direita. No entanto, a cache dáva-nos completamente para 90º à esquerda e resolvemos voltar para trás e usar o trilho como virando à esquerda. Logo depois há um poste de electricidade e o trilho ali faz um cotovelo para a direita e segue direito à cache. Fomos andando, passando por várias pilhas de pedras, marcadores de escoteiros, e chegados mais perto do local da cache, começamos a subir pedras e rochas, analisando várias possibilidades para subir para a cache e até encontrarmos uma que nos levava a cerca de 6 metros da cache, mas a menos cerca de 20 metros de altura, mas nada da Fenda própiamente dita. Entretanto, começamos a ver um grupo de pessoas, caminhantes a virem na direcção da fenda.

Descemos e fomos ao encontro deles, voltando ao trilho, mas seguindo ao longo da Fenda, até que começámos a ver mais sinais de trilho pedestre e mais marcadores de escoteiros. Juntámo-nos ao grupo de caminhantes que muito amávelmente nos levaram pela Fenda (finalmente encontrada após cerca de 2 horas de busca) e muito amávelmente nos ajudaram a subir, visto ser uma subida muitíssimo puxada. Saídos da Fenda, encontrámos outro grupo de caminhantes que iam iniciar a descida, mas nós ainda estávamos a cerca de 70 metros da cache! Descemos com este grupo e fomos dar a locais que já tínhamos encontrado ao tentar encontrar uma maneira de subir. Que frustração! Afinal subir a Fenda não nos leva directamente à cache. No entanto, chegámos rápidamente à conclusão que subir a Fenda foi também uma muito boa experiência pelo esforço dispendidos e como desconhecidos se prontificam sem hesitação a ajudar outros desconhecidos.

Já muito cansados, continuámos a tentar descobrir uma maneira de subir ao GZ, voltando a analisar locais já tentados e eis que chega outro grupo de caminhantes e estes, ao contrário dos anteriores, iam ao topo! Que sorte! Juntámo-nos a estes e o caminho escolhido foi só possível com a ajuda de cordas, havendo 2 dos elementos desse grupo com agilidade e destreza para subir e lançarem a corda para baixo, de modo aos restantes do grupo, incluindo nós, poderem subir. Nesta subida, há 2 pontos em que a corda ajuda muito, mas o resto do percurso já se faz bem. Lá chegámos ao topo e realmente a vista dali é assombrosa, em todas as direcções. É fantástico a sensação de estarmos quase no topo do mundo! Tiradas as muitas fotos do local, encontrada a cache, log feito. Nenhum dos TB registados na listing estavam na cache. Foi altura de iniciar a descida e o caminho efectuado, foi uma das possibilidades que analisámos para tentar subir e achámos que seria perigoso, mas até foi fácil porque a pedra estava bem seca e ali as botas aderem bem. Resultado final: excelente aventura de 5 horas gastas para fazer esta cache.

OPEC

Feita na excelente companhia de Miss Pochete

infoThis is the original cache type consisting, at a bare minimum, a container and a log book. Normally you'll find a tupperware container, ammo box, or bucket filled with goodies, or smaller container ("micro cache") too small to contain items except for a log book. The coordinates listed on the traditional cache page is the exact location for the cache.
Visit Another Listing:

Advertising with Us

Return to the Top of the Page