Skip to content

Castelo do Queijo Traditional Cache

This cache has been archived.

garri: Sem resposta do owner.

More
Hidden : 08/21/2007
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O Castelo do Queijo


Fundação

Não se sabe ao certo quando é que este forte começou a ser erigido. Supõe-se que terá sido entre as datas de 1651 e 1662, sobre as ruínas de uma pequena fortificação de origem celta. Foi D. João IV que ordenou sua construção, em 1643.
O Forte tem a denominação popular de Castelo do Queijo, porque assenta numa pedra enorme de forma arredondada (em forma de queijo), local sagrado para os celtas, que aí realizavam o seu culto.

Construído a expensas da cidade do Porto, nunca foi bem encarado pela edilidade, que tinha a seu cargo as despesas de manutenção. Numa carta datada de 1717, dirigida a D. João V, pode ler-se que “o Forte é tão inútil e supérfluo, que nenhuma utilidade é a dele, pois aquela costa por si se defende”. No entanto, em 1721, D. João V daria parecer desfavorável a essa missiva da Câmara do Porto.

Abandono

Em 1804, o Forte de São Francisco de Xavier foi considerado ultrapassado, não preenchendo os requisitos para enfrentar um conflito segundo as tácticas da época. No contexto das Guerras Liberais, durante o cerco do Porto esteve ocupado pelas forças conservadoras de D. Miguel (1828-1834), apesar do bombardeio combinado da artilharia das baterias da Luz e dos navios da esquadra liberal de D. Pedro (1826), que castigaram bastante a sua estrutura. Depois da jornada do Lordelo foi abandonado e saqueado pela população.
Entregue à guarda da Companhia de Veteranos (1839), durante a revolta da Maria da Fonte (1846), tendo sido ocupado pelas tropas da Junta do Porto, foi alvejado pela fragata Íris, fiel ao governo de D. Maria II (1826-1828, 1834-1853).

De 1890 à actualidade

Em 1890, ficou entregue à Guarda Fiscal que a conservou até 1910.
Na vizinhança seria construído o primeiro campo de aviação da cidade, o qual encerrou em 1912, após nove voos.
Em 1916 a Av. Boavista chegou ao local, o que levou a Câmara do Porto a requerer a sua posse pela quantia de 259.250$00.
Em 1934, foi classificado como Imóvel de Interesse Público.

Em 1938, a Comissão Municipal de Arte e Arqueologia propôs que o Forte se transformasse em museu, mas em 1942, depois de concluídas as obras de restauro, entrou em nova situação de abandono, tal como apontam os jornais da época.

Em 1943, em consequência da II Guerra Mundial, foram colocadas baterias antiaéreas nas imediações por se recear um ataque alemão. Entretanto, como forma de se produzir receitas para cobrir despesas feitas com um guarda, as portas do Castelo do Queijo foram franqueadas ao público, que pelo preço de 1$00 podia utilizá-lo como miradouro.


Após o 25 de Abril de 1974, o Castelo do Queijo regressou às mãos dos militares. Actualmente encontra-se sob tutela da Associação de Comandos e ai se realizam exposições temporárias para além de continuar a ser um miradouro de características excepcionais.


Texto retirado da Wikipedia e da página da junta de freguesia de Nevogilde

 

A Cache

Neste local há muitos muggles, principalmente ao fim de semana, pelo que deverá ter-se imenso cuidado para não despertar curiosidades. A atribuição do nível 2.5 à dificuldade geral deve-se a este facto.

The Cache

There's a lot of muggles in this place, so you have to be very careful to avoid the curiosity of people around. The level 2.5 of Overall Difficulty Rating is related to this problem.

 

Additional Hints (Decrypt)

Rfgá rfpbaqvqn ngeáf qr hzn crqen fbygn, n prepn qr 2 zrgebf qb puãb, an mban pbairkn qn cnerqr. Vg vf uvqqra oruvaq na hagvrq ebpx, nobhg 2 zrgref sebz gur fbvy, va gur pbairk mbar bs gur jnyy.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)