Skip to Content

This cache has been archived.

garri: As there's been no cache to find for months, I'm temporarily archiving this to keep it from continually showing up in search lists. Just contact us when you have the cache repaired, and assuming it still meets the guidelines, we'll be happy to unarchive it.

Luis Garrido
geocaching.com volunteer reviewer

Please respond via my profile http://www.geocaching.com/email/?u=garri

More
<

Quinta dos Frades - Museu da Cidade

A cache by Blue Trekkers Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/09/2007
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1 out of 5

Size: Size: other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Quinta dos Frades - Museu da Cidade




O Museu

Para quem deseja conhecer o passado recente de Almada o Museu da Cidade é o local certo para uma agradável visita.

Inaugurado pela Câmara Municipal de Almada em Novembro de 2003, o Museu da Cidade de está instalado na antiga Quinta dos Frades, num edifício onde o trabalho de arquitectura alia de forma exemplar o antigo e o moderno e onde o jardim envolvente convida a momentos de descanso.

No interior é possível partir à descoberta da cidade, das suas origens, da sua evolução, onde o passado recente assume um particular destaque, com referência a momentos fundamentais para criação da identidade que caracteriza e distingue esta das outras cidades.

A exposição de longa duração Diversidade de processos de construção, gentes e modos de vida apresenta o passado recente, ou seja, o século XX, em particular a partir da década de 30, altura em que se dão os primeiros sinais de que esta zona viria a ser um centro urbano.




A Quinta dos Frades

A Quinta dos Frades, onde está hoje o Museu da Cidade, é referenciada desde o século XIV, quando em 1378 Pedro Afonso Mealha, na sequência de um processo de emparcelamento de pequenas propriedades, por sua morte, deixa a propriedade à administração dos frades predicantes da Ordem de S. Domingos. São estes religiosos que, entre 1380-1446, constroem o edifício sede da quinta, provavelmente próxima da actual localização do Museu. Vulgarmente a propriedade passou a ser designada por Quinta dos Frades.

Em 1835, a partir da extinção das ordens religiosas, foi vendida em hasta pública ao almirante inglês George Rose Sartorius (que, entre outros títulos, recebeu o de Visconde da Piedade em 1836). Em 1876 passa a ser propriedade de Custódio José Teixeira.

No final do século XIX a propriedade pertencia a José Ferreira Jorge Júnior, que constitui herdeiros dois sobrinhos da mulher, um dos quais, Mário Pereira Lage, é casado com a poetisa Florbela Espanca, que terá aqui vivido algumas temporadas. No primeiro quartel do século XX a casa foi local de encontro regular de republicanos, tendo no seu exterior decorrido touradas e concertos da Banda Filarmónica União Artística Piedense.




Arquitectura

Do primitivo edifício da Quinta restam apenas alguns vestígios arqueológicos do século XVII, XVIII: tanques, suportes em cantaria, pias e pavimentos de lajedo e tijoleira, postos a descoberto durante as obras de reabilitação da casa para instalação do Museu da Cidade, e que poderão ser vistos pelos visitantes. O edifício principal teve várias intervenções nas décadas de cinquenta e sessenta do século XX que alteraram a sua estrutura original.

Em 1997 a Câmara negociou com um promotor imobiliário a sua posse para aí instalar o futuro Museu da Cidade. O projecto de arquitectura foi do atelier dos arquitectos Victor Mestre e Sofia Aleixo. O espaço de exposições de longa duração é marcado pela instalação escultórica do artista catalão Josep Bofill «Energia Urbana».
Concebida propositadamente para este espaço de pé direito duplo, a circulação impõe que o início e fim da exposição central seja marcada por esta obra de carácter permanente, em que o artista nos propõe uma leitura contemporânea do conceito de cidade como paradoxo: um espaço de solidão, de competição, mas também de ascensão individual e colectiva como construção.




Horários

Visita às Exposições
Terça a sábado: 10h-18h
Encerra aos domingos, segundas e feriados

Jardins
Terça a domingo: 10h-22h


A Cache

A cache está escondida dentro do jardim, no entanto é possível retirá-la por fora. De qualquer forma se forem durante o horário de abertura por favor acedam por dentro do jardim senão darão muito nas vistas.

Agradecemos que apenas assinem o logbook com nome e data e não deixem autocolantes já que para além de ocuparem espaço desnecessáriamente podem comprometer o bom funcionamento do conjunto (se muita gente deixar, esses founds não serão aceites).

Levem o vosso próprio material de escrita (se não tiverem tirem uma foto do container e logbook com um membro da equipa e enviem-nos por email).
Por favor deixem o container e envolvente exactamente onde e como encontraram.


Additional Hints (Decrypt)

zntargvpn whagb qn crqen (baqr qrireá svpne)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

74 Logged Visits

Found it 60     Didn't find it 3     Write note 2     Archive 1     Needs Archived 2     Temporarily Disable Listing 2     Enable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 1     Owner Maintenance 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 6 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.