Skip to Content

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.

This cache has been archived.

Bitaro: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas.
Relembro a secção das Guidelines sobre a manutenção http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=307#maint :

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desative temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desativada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

A região onde um geocacher é considerado capaz de manter geocaches responsavelmente irá variar de pessoa para pessoa. Um geocacher que anteriormente fez registo de geocaches numa área alargada a partir da sua residência pode ser considerado habilitado a manter uma geocache a 200 milhas (322 Km) de distância. Contudo, alguém cujas actividades de geocaches têm sobretudo estado dentro da distância de 25 milhas (40km) de sua casa não deverá estar preparado para manter uma geocache tão distante de casa. O critério usado nesta situação fica a cargo do revisor da geocache ou pela Groundspeak.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. Alternativamente poderá treinar uma pessoa local para fazer manutenção à geocache. Documente o seu plano de manutenção numa Nota ao Revisor ou na sua página de geocache. Isto deverá incluir a informação contacto da pessoa que irá efectuar a manutenção. A nota irá ser apagada automaticamente aquando da publicação.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me através do mail indicado no meu perfil e refira o GC Code da cache.
Lembro que a eventual reativação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se de uma nova cache se tratasse, com todas as implicações das Guidelines actuais.

Obrigado pela colaboração
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Trabalhar com o Revisor
Revisões mais rápidas
Linhas Orientação|Políticas Regionais - Portugal

More

Multi-cache

Do Inferno ao Céu

A cache by Larke&Calcopirite Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/11/2007
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Estas coordenadas dizem respeito ao local onde encontrarão as coordenadas da cache final. Apreciem a bela vista
Vistas


O primeiro local da cache é um miradouro onde é possível apreciar a vista uma vista mais completa sobre a cidade do Mondego: Choupal, Lapa dos Esteios; Quinta das Lágrimas, margens e curso do Mondego, Baixa e Alta Coimbrãs.

O segundo local situa-se na parte média superior do Monte da Esperança, em posição sobranceira ao mosteiro novo de S. Francisco. "Nesta encosta ergue-se o Mosteiro de Santa Clara a Nova cuja construção se iniciou-se a 3 de Julho de 1649 sob plano riscado pelo engenheiro-mor do reino e professor da Universidade, Frei João Torriano.
Em 29 de Outubro de 1677, fez-se uma grande procissão a partir do convento velho, para trasladação da Rainha Santa e mudança das freiras para o convento novo.

A igreja, construída pelo arquitecto régio Mateus do Couto, ficou pronta em 1679 e foi sagrada a 26 de Junho de 1696.
O túmulo de prata da Rainha Santa foi colocado no altar mor a 3 de Julho de 1696.
O interior da igreja, de uma só nave, apresenta uma cobertura com abóbada aquartelada.
A cabeceira é formada por uma grande abside onde está a estátua polícroma de Santa Isabel esculpida por Teixeira Lopes (século XIX) e o túmulo de prata que contém o corpo da Rainha Santa.

No retábulo vêem-se talhas barrocas.
As telas alusivas à vida da Rainha Santa são da primeira metade do século XVIII. De referir dois belos túmulos góticos de gosto coimbrão onde estão a Infanta D. Isabel, filha de D. Afonso IV, do lado esquerdo e a filha do Regente e Duque de Coimbra D. Pedro, do lado direito.

Trazido do Convento de Santa Clara-a-Velha, o túmulo da Rainha Santa, exposto no coro baixo, de grandes dimensões, é obra de Mestre Pero, da primeira metade do século XIV.
Importante ver as alfaias de prata e outros objectos de culto expostos no coro alto.
É igualmente digno de ser visto o cadeiral com 78 cadeiras, datado da primeira metade do século XVII, As paredes laterais estão guarnecidas por retábulos vindos de Santa Clara-a-Velha, com excelente trabalho de talha e pinturas maneiristas.

O claustro, de grandes dimensões, importante obra de estilo barroco, da primeira metade do século XVIII, foi riscado pelo arquitecto Carlos Mardel que também é o autor da portaria do convento. Aqui funcionam o Batalhão de Serviços de Saúde e o Museu Militar.

A Cache:

Para encontrar a cache final terá de identificar no mapa que está no estacionamento das coordenadas anteriormente indicadas quais os números correspondentes aos seguintes locais de interesse da cidade de Coimbra:
A - Penedo da saudade (usar os 2 nº)
B - Fonte dos amores
C - Santa Clara-a-Nova Rainha Santa
D - Sé Velha (usar também os 2 nº)
As coordenadas da cache final são:
                 
               N40º12.AB       W8º26.CD

Esta cache inicialmente contem:
-stashnote
-logbook
-lápis
-algumas prendas para troca


P.F. RECOLOQUEM A CACHE NO MESMO LOCAL E DA MESMA FORMA COMO A ENCONTRARAM.
Façam o C.I.T.O enquanto se dirigem para o local, se possível.
Tirem fotos das vistas da cache.
Obrigado pela vossa visita. Divirtam-se.

Additional Hints (Decrypt)

Ahz ohenpb cbe pvzn qn sraqn an ebpun

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

806 Logged Visits

Found it 723     Didn't find it 31     Write note 10     Archive 1     Needs Archived 1     Temporarily Disable Listing 4     Enable Listing 3     Publish Listing 1     Needs Maintenance 26     Owner Maintenance 5     Post Reviewer Note 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 109 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 11/15/2017 3:33:47 PM (UTC-08:00) Pacific Time (US & Canada) (11:33 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page