Skip to content

This cache has been archived.

Sherlock Cacher: Lamento, mas a minha vida não me tem permitido como eu gostaria de dedicar mais tempo ao geocaching. Por isso decidi arquivar esta cache, de forma a dar oportunidade a outro owner de colocar no local uma nova cache... Penso a médio prazo em voltar ao activo, se até lá o local não estiver ocupado voltarei a recolocar no local uma nova cache...
Sherlock

More
<

Torre Medieval de Vilar (Lousada)

A cache by Sherlock Cacher Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 02/28/2008
Difficulty:
3.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Este monumento está integrado na Rota do Românico do Vale do Sousa, com a finalidade de definir um percurso histórico pelos principais monumentos românicos existentes nos concelhos de Castelo de Paiva, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel. Tem ainda como complemento, uma visita ao miradouro da Senhora da Aparecida.

Torre Medieval de Vilar
                        
 
 

Senhora da Aparecida

A sua lenda:

Pelos meados de Agosto, é tempo de romaria e festa da Senhora da Aparecida. Aí pelo ano de 1823, no adro de Nossa Senhora da Conceição não se sabe como, alguém descobriu a Imagem de Senhora Aparecida. Sabe-se que a descoberta foi precedida de estranhos sinais que não paravam de chegar do céu em direcção à entrada de uma antiga mina seca que ficava ali no mesmo sítio do adro.
Essa mina servia de abrigo a um simpático eremita, cuja origem ninguém conhecia, mas que era estimado por todos. Pelos animais e pelas crianças que, encantadas se sentavam ao seu redor a escutar histórias lindas e de sonhar...
Assim corriam os anos até que um dia alguém estranhou o seu desaparecimento. Talvez tivesse ido mais longe nas suas voltas, a algum povo distante mostrar um oratório pequeno que sempre levava consigo, com a Imagem da Virgem Maria. Mas não voltou mais... até que os tais sinais, relâmpagos certinhos e estrelas que caíam na boca da mina, levaram os fregueses e o pároco a pensarem que algo se passava na tal mina. Foi só escavar um pouco e logo apareceram os trapos do ermitão juntos com a bela Imagem, Aparecida pois claro!
Neste local existe um majestoso miradouro sobre o Vale do Sousa.

Torre Medieval de Vilar

Trata-se de um belo exemplar de arquitectura civil e militar onde encontramos algumas permanências do românico. Será uma construção dos finais do século XIII, alvores do século XIV. Segundo Carlos Alberto Ferreira de Almeida, sendo do século XIV, as suas soluções arquitectónicas são muito arcaízantes.
Está implantada num pequeno outeiro de formação granítica, erguendo-se isolada e sobressaindo, especialmente, pela sua altura. De planta rectangular, cujo lado maior alcança os 9,5m, a torre eleva-se, imponentemente, aos 14m, podendo, já, inclusivamente, faltar-lhe fiadas de cantaria e, se os teve, os merlões.
A entrada é feita através do rés-do-chão, na fachada voltada a Nordeste, por uma porta rectangular de 1,60m de altura. Esta entrada é encimada por um arco de volta perfeita e tímpano liso. As duas primeiras aduelas do arco são talhadas na própria pedra do tímpano, caso muito pouco vulgar e revelador da qualidade do canteiro. Os alçados apresentam seteiras, uma em cada parede e duas na parede posterior. No lado Noroeste abre-se uma porta cuja função se mantém por perceber. Temos que considerar o facto de esta torre ter sido restaurada e modificada no século XIX, podendo a porta ser uma introdução dessa época.Na face Sudeste podem-se observar recravas de travejamento, possivelmente, duma habitação, os paços dos senhores da terra, que estariam encostados à torre. São várias as fontes que sugerem a existência destes paços, no entanto, restam muitas dúvidas quanto à sua comunicação com a torre.

Os locais acima citados, mostram o modo como o presente ficou demarcado do passado. Para o verificarem terão de se dirigir:

1º Ponto (coordenadas iniciais) – Aqui terão de encontrar uma nano cache, que vos dará a coordenada e vos levara até a cache final.

Uma boa visita...

 

Se precisarem de colaboração de um detective:

Sherlock Tlm- 96 971 36 30



Additional Hints (Decrypt)

1º cbagb- “Ó enzn ó dhr yvaqn enzn, ó enzb qb byviny”
Phvqnqb pbz bf Zvebarf ©¿©¬
Pnpur svany – an erpgnthneqn

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.