Skip to Content

<

Senhora do Castelo [Mangualde]

A cache by cmatos Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/03/2008
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

Senhora do Castelo [Mangualde]

 

Ermida de Nossa Senhora do Castelo

 Automatic ENGLISH TRANSLATION here.

 

As coordenadas indicadas são o ponto de partida para uma visita guiada pelos lugares mais emblemáticos e também o local de estacionamento se for o caso.

É comum junto das ermidas haver água e fontes, para abastecimento do ermitão, mas também para os romeiros, aqui também não é excepção. Do outro lado da estrada relativamente ao local inicial, num pequeno olival, existe uma fonte/cisterna. Na prática, um poço ao qual se desce através de uma magnífica escadaria em caracol. Repare que para aproveitamento máximo das águas das chuvas o topo da cisterna foi construído como se fosse um funil, não totalmente circular por força da entrada, hoje barrada por um portão de ferro. São ( _ P) o número de pedras que encimam a cisterna talhadas em semicírculo, excluindo aquela que não tem a face interna totalmente inclinada (mais de uma e menos de 4).

Continuando o passeio, desça pela estrada em direcção ao cruzamento até que o muro que a ladeia acabe. Aí vire à esquerda em direcção a uma escadaria que o levará às traseiras da ermida lá no alto. Não tem nada que enganar, ao colocar-se de frente para o muro e de costas para a estrada, verá na certa a escadaria uns 10 metros lá à frente. Suba-a e vá contando os degraus. Pare um pouco nos degraus nº 39 e 40 e por mera curiosidade verifique que estes degraus são constituídos, no seu conjunto por ( _ C) pedras. Agora que descansou um pouco continue até lá acima sempre contando. No total contou ( _ _ DE) degraus, verdade?

Bom, agora está perante um majestoso Sobreiro com uma mesa de pedra a seus pés. Esta zona, presumivelmente, é o que resta do antigo castelo que aqui existiu, talvez desde a Idade do Bronze, tendo tido também ocupação Romana, cujo vestígio mais significativo serão estes muros com algumas pedras almofadadas. É comum encontrarem-se nos chamados Penedos dos Mouros pequenas pias ou bacias escavadas na rocha que serviriam para armazenar água das chuvas ou até alimentos. Justamente nesta zona, por baixo do sobreiro e na parte de cima do muro ao lado da mesa, existe um penedo. Tome nota do nº de pias aí existentes ( _ M).

O castelo, do qual não há memória nem registos, terá sido arrasado para dar lugar à actual ermida da Senhora do Castelo, cuja construção remonta ao Século 14, de arquitectura religiosa barroca e neoclássica.

Dirija-se calmamente até à fachada principal da ermida voltada a SO., de três panos divididos por pilastras toscanas. No central, pórtico de volta perfeita emoldurado por pilastras e encimado por entablamento com frontão curvo. Sobre ele, janelão com o mesmo perfil, sobrepujado por brasão oval que rasga o entablamento e ocupa a parte central do frontão semicircular do remate, com cruz sobre pedestal, estando ladeado por platibanda (o termo arquitectónico que corresponde a uma faixa horizontal, muro ou grade, que emoldura a parte superior de um edifício com a função de esconder o telhado). Nos panos laterais, dois janelões sobrepostos, de cada lado, emoldurados e rematados por frontão contra-curvado. No enfiamento das pilastras centrais que ladeiam o pórtico, desenvolve-se a torre de três registos, os dois primeiros cegos e divididos por frisos, tendo o último aberturas sineiras em cada face com coroamento em ameias. No topo da torre existe uma enorme cruz em ferro trabalhado, com mais de 5 metros de altura, construída pelo mestre ferreiro Mangualdense, Manuel Ramos (mais conhecido por Nené Ramos). Na fachada surgem três lápides comemorativas, a mais antiga das quais remonta a ( _ _ YT) de Agosto de 18( _ _ AB), e refere a visita dos príncipes D. Carlos e D. Afonso.

Desça agora a bonita e larga escadaria com um patamar a meio e ladeada por pináculos. Ao fundo, atravessando a estrada, encontra o Calvário de estilo Toscano do século ( _ _ KH). Este calvário é uma réplica erigida em 1998, substituindo o original destruído por um condutor descuidado em 1984. Os 14 anos de abandono e a incúria facilitaram o desaparecimento das antigas pedras de cantaria, restando agora no lugar original apenas as pedras da base. Vá até lá, é mesmo à beirinha da estrada de paralelo à esquerda do actual calvário se estiver virado de costas para a ermida.

Aí verifique que a configuração da base antiga é diferente da réplica, esta, a antiga, também tem um formato quadrangular mas no interior tem uma cruz formada por ( _ X) pedras.

No seguimento da escadaria que desce do adro, passando pelo Calvário inicia-se uma outra escadaria, esta monte abaixo com 314 degraus, formando sete patamares, protegidos por muro, com pináculos nos vértices. Nos patamares, surgem quatro Capelas dedicadas a passos da vida da Virgem: Conceição, Encarnação, Visitação e Assunção. Cada uma delas é de planta quadrangular, com cobertura piramidal, rematada em cruz, e pináculos sobre os cunhais. Sobre a porta têm o brasão da Ordem de Malta. O Interior é lajeado, com altar em forma de urna sobre pequeno degrau de granito e revestimento a azulejo azul e branco, com rodapé de pedra torta manganês, representando, de baixo para cima, o "Pecado Original", a "Apresentação da Virgem no Templo" e a "Anunciação", a "Visitação" e a "Fuga para o Egipto" e a "Assunção" e a "Coroação". Para verem mais de perto só terão de descer até à primeira das Capelas, a da Nossa Senhora da Assunção, e verificar que por cima da porta estão esculpidas ( _ L) Flores de Liz.

Volte a subir até ao calvário e dirija-se ao miradouro que fica à esquerda e que em tempos possuiu um monóculo do qual resta apenas a coluna. Aí aprecie as fabulosas vistas. Tendo como ponto de referencia Mangualde e se o tempo o permitir, verá à esquerda por entre o arvoredo a Serra da Estrela, em frente e lá bem ao fundo a Serra do Buçaco, um pouco para a direita a Serra do Caramulo, continuando a rodar à direita as Serra de São Macário, Montemuro, Marão e Lapa.

Agora que já olhou para bem longe, olhe para mais perto. Encoste-se ao gradeamento virado para Mangualde e descubra umas escadas que existem logo aí em baixo á direita do outro lado do caminho, quase no final do muro. Vá até lá e desça até ao último degrau. A derradeira pista está "colada" bem no fundinho do corrimão.

Se por acaso não estiver recorra ao Plano B.

 

Espero que gostem do passeio, e acima de tudo que fiquem a conhecer um pouco melhor aquele que é o ex-líbris de Mangualde: O Monte da Senhora do Castelo.

 

Plano B - Veja a Hint

 

Soma de controlo: A + B + C + D + E + H + J + L + M + P + T + X + Y = 54


Para a escrita deste texto, muito contribuíram as informações prestadas pelos, Dr. Pedro Pina Nóbrega (Arqueólogo e Historiador local) e Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde, aos quais agradeço a disponibilidade, bem como a consulta do site do IHRU sobre os monumentos nacionais classificados.


Na cache encontrará um único Log Book com folhas picotadas e numeradas. Na parte fixa da folha faça o seu Log normal, na outra carimbe-a e destaque-a pelo picotado para levar como recordação. Caso possua o seu próprio Livro para carimbar, pode optar por destacar ou não o pedaço de papel que lhe pertence.

 

Por favor, na aproximação, busca, retirada e reposição da cache, seja o mais discreto(a) possível, para que esta não seja danificada ou leve sumiço. Obrigado.

 

 

You can check the final coordinate using this link

Additional Hints (Decrypt)

Cbaun-fr qr cé ivenqb cnen b cbfgr qb zbaóphyb r byur cnen ndhryn cnegr dhr cnerpr hz qvfpb ibnqbe, n cvfgn gnzoéz rfgá cbe yá. (Cbqr fre arprffáevb naqne à ibygn qb qvgb cbfgr ngé n ire...) Pbzb é óoivb n pnpur aãb rfgá ndhv, n cvfgn é dhr b yrineá yá. Ab pnfb qr hfne b cynab O cbedhr aãb rapbagebh n cvfgn cevzrven, snçn rpb qvffb ab ybt, boevtnqb.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

362 Logged Visits

Found it 325     Didn't find it 18     Write note 15     Publish Listing 1     Owner Maintenance 3     

View Logbook | View the Image Gallery of 118 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.