Skip to Content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=307#maint :

[quote]
You are responsible for occasional visits to your cache to maintain proper working order, especially when someone reports a problem with the cache (missing, damaged, wet, etc.). You may temporarily disable your cache to let others know not to search for it until you have a chance to fix the problem. This feature is to allow you a reasonable amount of time – normally a few weeks – in which to check on your cache. If a cache is not being maintained, or has been temporarily disabled for an unreasonable length of time, we may archive the listing.

Because of the effort required to maintain a geocache, we ask that you place physical caches in your usual caching area and not while on a vacation or business trip. It is best when you live within a manageable distance from the cache placements to allow for return visits. Geocaches placed during travel may not be published unless you are able to demonstrate an acceptable maintenance plan, which must allow for a quick response to reported problems. An acceptable maintenance plan might include the username of a local geocacher who will handle maintenance issues in your absence.[/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

Capela de Nossa Senhora do Monte (Santarém)

A cache by peter santarem Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 09/02/2009
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
1 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

A Capela de Nossa Senhora do Monte, situada na zona extra-muros da cidade de Santarém, na freguesia de São Salvador, é um pequeno templo gótico datado do século XII. A capela esteve integrada numa gafaria, que aqui esteve instalada até ao século XVII. Este templo é Monumento Nacional desde 1917.

igreja

A capela pertenceu, pelo menos desde 1191, à Real Colegiada de Nossa Senhora da Alcáçova, tendo ficado em meados do século seguinte na posse dos leprosos da cidade, cujo hospital, Hospital e Gafaria de São Lázaro, para aqui foi transferido no início do século XIV. Este hospital, instituído por D. Afonso II, estava até aí instalado na Alcáçova, junto do antigo Paço Real, local do qual se retirou devido a uma contenda judicial com os cónegos de Santa Maria da Alcáçova. A capela manter-se-ia na posse da Gafaria até 1611, quando o Hospital e todo o seu património passaram a ser administrados pela Santa Casa da Misericórdia.

Quando ainda se encontrava sob administração da Gafaria, a capela sofreu algumas alterações que modificaram a sua primitiva traça gótica, tendo sido definidas a planta de nave única e a cabeceira abobadada em dois tramos. Foram também encontrados alguns vestígios da uma intervenção quatrocentista, que em termos estruturais terá resultado numa provável ampliação do espaço e, segundo alguns autores, na alteração do arco triunfal e da abóbada da capela-mor.
De particular relevância são as duas grandes campanhas do século XVI. Da primeira, manuelina, resultou o belo nicho de recorte mudéjar, com imagem quinhentista da Virgem, e talvez uma porta lateral em arco trilobado. Na mesma altura fez-se sepultar, em campa rasa brasonada, o cavaleiro Duarte Sodré, vedor de D. Manuel. Das restantes intervenções quinhentistas, de meados do século resultou a construção do alpendre corrido, ocupando duas fachadas da capela, a sul a e poente, e abrindo para o portal principal, substituído alguns anos mais tarde (de 1548 a 1553), em campanha patrocinada por D. Lopo de Sousa Coutinho, provedor da Misericórdia. Ainda no mesmo século, em 1555, houve lugar para a reforma promovida por outro provedor do Hospital, Aires Lopo de Sequeira, construindo-se o portal sul e os assentos do coro, de gosto maneirista. Já sob a administração da Misericórdia, em 1623, foi executado o púlpito e os revestimentos azulejares seiscentistas em lambril.

igreja


Caracterização arquitectónica



Na fachada norte, abre-se uma edícula de arco gomado e golpeado, sob pequenas colunas capitelizadas, preenchida com uma escultura de pedra, quinhentista, que representa a Virgem. Esta fachada é rasgada ao centro por um pórtico trilobado. Quer a fachada oeste, quer a posterior, são rasgadas por pequenas rosáceas, sendo a primeira das fachadas em empena, encimada por uma cruz em pedra. O alpendre é constituído por uma série de elegantes colunas com capitéis compósitos, de longas folhagens sobrepujadas por ábaco com volutas e cabeças de anjos, florões ou grifos, revelando conhecimentos de fórmulas clássicas da Renascença italiana, bem como a influência particular da obra de João de Castilho.
.
sino
.
O interior é de uma só nave, encontrando-se o corpo da sacristia adossado ao lado norte da capela-mor. As paredes da nave são corridas por um silhar de azulejos seiscentistas, do tipo padrão. Da construção quatrocentista subsistem o arco triunfal, de ogiva, e a abóbada da capela-mor, de dois tramos separados por ogiva de aresta viva. Na parede do lado do evangelho rasga-se uma porta gótica que dá acesso à sacristia. O coro, que ocupa a largura do corpo da capela, é sustentado por colunas clássicas de capitéis jónicos. Junto da escada, encontra-se uma pia de água benta do século XV.
.
Da parede do lado da epístola, pende um painel sobre madeira, do último terço do século XVI, no qual figura a Anunciação. Esta obra maneirista é atribuída a Ambrósio Dias, o Mestre da Romeira, pintor regional de grande prestígio estabelecido em Santarém. A capela conta ainda, no seu acervo, com duas esculturas em madeira do século XVII, ambas policromadas: Nossa Senhora da Piedade e uma Virgem com o Menino.

igreja

Additional Hints (No hints available.)



 

Find...

250 Logged Visits

Found it 210     Didn't find it 15     Write note 8     Archive 2     Unarchive 1     Temporarily Disable Listing 5     Enable Listing 4     Publish Listing 1     Update Coordinates 2     Post Reviewer Note 2     

View Logbook | View the Image Gallery of 55 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.