Skip to content

This cache has been archived.

Insano: Morta para sempre, o local foi alterado, sendo impossível aceder ao interior da Estação, perdendo a razão da viagem.

RIP

More
<

Central do Sousa [Gondomar]

A cache by Insano Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 04/06/2009
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


AVISO: O Edifício encontra-se abandonado, é preciso cautela extra, para não acontecerem acidentes.
WARNING: This is an abandoned building. Take extra care, to avoid accidents.


Com vestígios arqueológicos que testemunham um povoamento humano que remonta à pré-história, o território correspondente, na actualidade, ao concelho de Gondomar recebeu foral em 1193, por iniciativa de D. Sancho I (1154-1212), posteriormente confirmado por D. Afonso II (1185-1223), através das Inquirições, até que, em 1515, lhe foi doado novo foral por D. Manuel I (1469-1521).
De entre as freguesias que o compõem, consta a de Foz do Sousa, termo que benificia amplamente dos Rios Ferreira e Sousa que o atravessam, irrigando e fertilizando os seus campos, ao mesmo tempo que lhe conferem notórias potencialidades turísticas, nomeadamente através da fruição de praias fluviais, assim como da barragem de Crestuma-Lever, excelente para a prática dos mais diversos tipos de desportos náuticos.
E foi, justamente, a pensar na existência de abundantes recursos hídricos e sua maximização, que se construiu aquela que é conhecida por "Antiga Central de Captação de Água da Foz do Sousa", e, mais propriamente, para abastecimento da cidade do Porto.
Com efeito, foi a partir de 1855 e, em especial, através do decreto real aprovando o contrato firmado com a Compagnie Générale des Eaux pour l'Étranger, para construção de obras de captação, elevação, transporte e distribuição de água ao domicílio, que foi conferira ao Porto a exclusividade de utilização das águas dos Rios Sousa e Ferreira, erguendo-se, para o efeito, e entre outras estruturas, a 'Central-do-Sousa', mas cuja fragilidade, em tempo de cheias, justificou as beneficiações nela realizadas, já em finais do anos vinte do século XX, até que a edificação da 'Central Elevatória de Lever' conduziu à sua desactivação.

Fonte: IPPAR

Additional Hints (Decrypt)

Nb aíiry qbf Céf. Srrg

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)