Skip to Content

This cache has been archived.

Bitaro: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

Obrigado pela compreensão,
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Trabalhar com o Revisor/Revisões mais rápidas
Linhas Orientação|Políticas Regionais - Portugal

More
<

Vila Cova de Alva

A cache by Copje Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/10/2009
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Vila Cova do Alva


Vila Cova de Alva é uma freguesia Portuguesa do concelho de Arganil, com 12,79 km² de área e 533 habitantes (2001).
Densidade: 41,7 hab/km².

Foi Vila e sede de Concelho, só extinto em 1836, com priorado, sendo donatários os Bispos de Coimbra e Condes de Arganil, já que Vila Cova pertencia a este condado. Até há bem pouco tempo, os Bispos de Coimbra usavam o título, como podemos verificar num pequeno quadro de prescrições que, á entrada da igreja matriz, se encontra no rebordo de uma das suas colunas, que suportam o coro.

Tinha, em 1801, 864 habitantes. Designando-se Vila Cova de Sub-Avô até 1924.


 Igreja Matriz
A Igreja tem, como seria de esperar, um carácter predominante e de destaque, quer pelo que representa, quer pela localização escolhida para a sua construção. A quem se aproxime de Vila Cova, vindo de Côja, a primeira silhueta do horizonte, o primeiro sinal de povoação, a primeira de boas vindas é dada pela Igreja Matriz.
Este templo foi construído no início do século XVIII, como se confirma numa inscrição na sua fachada com a data de 1712.
O portal do templo é de vão rectangular e é acompanhado de pilastras com alto remate em forma de nicho. Tem quatro janelas com frontão e a linha de empena apresenta-se cortada pelo pedestal da cruz. Quanto a capelas, tem uma Capela – Mor e duas abertas no corpo. Bem fornecida de cantarias é de torre única, uma característica de muitas das igrejas e capelas do concelho. Os seus retábulos são da primeira metade do século XVIII, de estilo nacional. O seu orago á Nossa Senhora da Natividade.
A reconstrução, ocorrida em 1952, levou a alterações na torre da igreja, retirando-lhe o varandim que se situava no seu topo, em harmonia com o conjunto arquitectónico constituído pelo adro, e construindo o coruchéu que hoje podemos observar.
Este, ao que consta, era o aspecto primitivo da torre.

Convento de Santo António
O Convento de Santo António, hoje propriedade particular, (à excepção da Igreja), é um dos monumentos religiosos importantes de Vila Cova do Alva, insere-se em termos religiosos, na província da Imaculada Conceição, que resultou da divisão da Província de Santo António em duas, em 1706.
Este edifício, um espaço de meditação e reflexão, cujo ambiente ainda se respira nas suas paredes e corredores, tem a sua maior elevação no claustro do século XVIII, divide-se em duas partes distintas: a Igreja, que possui no seu interior retábulos de estilo nacional, semelhantes ao da Igreja Matriz mas mais perfeitos, um órgão com elementos Rococó, entre outros pontos de interesse, e o edifício conventual, muito transformado, mas onde ainda se pode observar restos da Sala do Capitulo, do Refeitório, do Dormitório e o Claustro, de cinco vãos e pequenas dimensões, cujo piso térreo ainda se mantém intacto. Este é constituído por colunas da ordem toscana que assentam num muro.
A primeira pedra do Convento foi lançada a 21 de Setembro de 1713, pelo Bispo de então, Senhor António Vasconcelos e Souza. A chegada dos religiosos acontece, porém, um ano antes, em 19 de Março de 1712, com o objectivo de construir o edifício. Este terá sido concluído em 24 de Fevereiro de 1723, data em que se transladou o Santíssimo Sacramento, acompanhado pelos religiosos, para o Convento. A razão pela qual se terá construído este Convento em Vila Cova de Alva ainda está por explicar, embora se apontem algumas condições que terão concorrido para esta edificação: a proximidade de outras duas comunidades religiosas, em Folques (com o Mosteiro dos Crúzios) e em Vila Pouca da Beira (com o Convento de Franciscanos), a existência de uma vida religiosa mais ou menos intensa, as condições atmosféricas e hídricas, entre outras. Igualmente, é de considerar a construção deste convento para albergar frades de alguma idade.


Esta Cache actualmente foi colocada fora da zona do Convento.
Pelo que se poderá comtemplar as vistas sobre o mesmo mas de uma outra perspectiva. Dando a conhecer mais um pouco de Vila Cova do Alva.



Igreja Matriz
The Church has, as expected, a predominant character and role, either by representing both the location chosen for its construction. Who is close to Vila Cova, coming from Côja, the first outline of the horizon, the first sign of settlement, the first welcome is given by the Church.
This temple was built in the early eighteenth century, as confirmed in an inscription on its facade with the date 1712.
The portal of the temple is rectangular and will be accompanied by pilasters with a high shot-shaped niche. It has four windows with pedimented gable and the line has to cut the base of the cross. As the chapels, has a chapel - Major and two open in the body. Well given the tower stonework is unique, a characteristic of many churches and chapels in the county. Their altars are the first half of the eighteenth century, the national style. Its patron saint Our Lady of the Nativity.
The reconstruction, which took place in 1952, led to changes in the church tower, stripping it of the balcony that was at its top, in harmony with the architectural ensemble consisting of the churchyard, and building the spire that can be observed today.
This, it appears, was the original appearance of the tower.                    

          
                                                                                 

Convento de Santo António
The Convent of St. Anthony, now private property (other than the Church), is one of the important religious monuments of Vila Cova do Alva, falls in religious terms, in the province of the Immaculate Conception, the resulting division of the Province of St. Antonio in two in 1706.
This building, a space for meditation and reflection, where the environment is still breathing on its walls and corridors, have their highest elevation in the cloister of the eighteenth century, divided into two parts: the Church, which has in its interior altarpieces national style, similar to the Church but more perfect, a body with Rococo elements, among other points of interest, and the convent building, much changed, but you can still see remains of the Chapter Room, the Refectory, the dormitory and cloister of five bays and small, whose floor is still intact. This consists of columns of the Tuscan order is based on solid wall.
The first stone of the convent was launched on September 21, 1713, the bishop then, Mr. António Vasconcelos e Souza. The arrival of the religious case, however, a year earlier, on March 19, 1712, with the aim of building the building. This will have been completed on February 24, 1723, when he would transfer the Blessed Sacrament, accompanied by the religious, to the convent. The reason for this will have built Convent in Vila Cova de Alva is still unexplained, although some suggest that conditions have contributed to this edifice: the proximity of two other religious communities in Folques (with the Crosier Monastery) and Vila Nova da Beira (Convent of the Franciscans), the existence of a religious life more or less intense, the weather and water, among others. Also, one might consider the construction of this convent to house monks of any age.

This cache was currently placed outside the convent.
So it can contemplate the views of the same but from another perspective. Giving to know a little more of Vila Cova do Alva.



Additional Hints (Decrypt)

CG: Rfgvpn-gr, znf aãb ncnaurf hz pubdhr.
RA: Fgergpu, ohg or pnershyy jvgu nal ryrpgevp punetr

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

226 Logged Visits

Found it 179     Didn't find it 28     Write note 2     Archive 2     Unarchive 1     Temporarily Disable Listing 3     Enable Listing 2     Publish Listing 1     Needs Maintenance 2     Owner Maintenance 2     Update Coordinates 2     Post Reviewer Note 2     

View Logbook | View the Image Gallery of 22 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.