Skip to content

Figueiró - S. Cipriano Multi-Cache

Hidden : 07/20/2009
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
1 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Nenhuma das caches está nas coordenadas iniciais

Esta é a minha primeira cache.

A freguesia de São Cipriano (concelho de Viseu), tem na sua designação uma característica muito pouco comum nas freguesias não-citadinas: não tem nenhuma localidade homónima. A sede da freguesia, aldeia onde se situa a Junta de Freguesia e a única casa brasonada de São Cipriano, é Figueiró.
Uma das aparentes consequências desta distinção entre nome da sede e da freguesia é a de que em muitos GPS’s, figuram os nomes de várias das restantes 14 aldeias e povoados mas não aparece a localidade de “Figueiró”, não obstante a sua localização estratégica junto a um cruzamento de estradas nacionais, na confluência do principal acesso a Viseu das freguesias a sudoeste, e ao facto de dar nome à saída oeste de Viseu da agora pouco utilizada IP5 (apesar deste nó não está localizado sequer na freguesia…).
A origem da localidade de Figueiró remonta aos finais do século XII, juntamente com a freguesia de São Cipriano, bem como as localidades de Canelas e Ferrocinto, às quais se juntaram ao longo dos anos, fruto de sucessivos reordenamentos territoriais e da criação de novos povoados, Casal Mau, Chãos, Passos, Portela, Sarzedelo, Morrosa, Perodiz, Póvoa de Figueiró, Galega, Soutulho, Quinta dos Golos e Outeiro Simão.

A freguesia é parca em monumentos nacionais identificados. Quando esta cache foi criada, existia um carvalho-roble com mais de 150 anos, classificado como “Árvore de Interesse Público” pela Autoridade Florestal Nacional, e cujo reconhecimento como monumento vivo remontava já a 3/8/1964, com a publicação no Diário do Governo n.º 181 II Série (antecessor do Diário da República). Existiam apenas mais 4 exemplares no concelho de Viseu. Em 2015 foi abatida, supostamente porque estaria a apodrecer. O toco da árvore que ainda está no local mostra que não. Enfim...

A cache

Para integrar o texto desta multicache na sua descoberta, a primeira (micro) cache (no PONTO 1) levá-los à Igreja matriz de São Cipriano, que como poderão constatar e na sequência da diferenciação já referida “freguesia – localidade sede” foi erigida num local afastado das povoações.
A segunda (micro) cache (no PONTO 2) esteve escondida junto ao que resta do carvalho centenário referido no texto de introdução, mas já não está. A pista necessária é: "Longitude da cache final: 7º 58.472’ ". Continuo no entanto a recomendar passagem por este local, se não para testemunhar onde a árvore se erguia, pelo menos como ponto de passagem para a cache final. Se atalharem do ponto 1 directamente para a cache final, o GPS levá-los-á por uma rua de muito difícil acesso para automóveis.
A cache final está também junto a uma construção emblemática na aldeia, pertencente à minha família, mas sem interesse histórico. Dica à navegação: abandonem a cache final pelo mesmo caminho por onde lá chegarem - seguir em frente pela rua larga e alcatroada é enganador porque esta estreita bastante algumas dezenas de metros à frente.

English version

São Cipriano’s county has in its designation an unusual characteristic in Portugal: it has no village in it with the same name. The county’s capital, where the local government office is, and the only noble house in the county, is Figueiró.
One of the apparent consequences of this difference between county’s capital and county’s name is the fact that in many GPS’s, several of the remaining 14 villages appear, but not Figueiró, in spite the strategic location near a national roads junction, and the fact that it gives the name do the West exit of IP5 (the secondary highway now almost totally replaced by highway A25).
The origin of the village of Figueiró goes back to XII century along with the county itself, and the nearby villages of Canelas e Ferrocinto. Later on, Casal Mau, Chãos, Passos, Portela, Sarzedelo, Morrosa, Perodiz, Póvoa de Figueiró, Galega, Soutulho, Quinta dos Golos e Outeiro Simão, were founded within the county.
There are few national points of interest in the area. Still, in Figueiró, exists an oak tree 150 years old, classified as a national living monument since 1964. In 2015 it was chopped down, allegedly because it was rotten. The thump of the tree still there shows it was not...

The cache

To depict the introduction to the cache, the first waypoint (PONTO 1) will lead you to São Cipriano’s Church, witch to confirm the distinction between the capital and the county, was built relatively far from any of the county’s villages.
The second waypoint (PONTO 2) was hidden near the centenary oak tree above mentioned, but no longer there. The second clue is: “Final cache longitude is 7º 58.472’ “. However I still recommend going by this waypoint, if not to see where the tree stood, at least to guide you through a better path to the final cache. Driving directly from waypoint 1 to final cache, the GPS will lead you to a street of very difficult access for automobiles..
The final cache was also placed near an iconic construction, to the village’s inhabitants anyway, that belongs to my family, but with no historic value.

Additional Hints (Decrypt)

Pnpur 1 (CG) - Ab gebapb (RA) - Va gur gerr Svany pnpur (CG) - Ab cbegãb qr zrgny, chkne n obeenpun. (RA) - Va gur zrgny tngr, chyy gur ehoore

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)