Skip to content

<

À Volta do Volfrâmio I - Minas da Panasqueira

A cache by Verdolas Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/02/2009
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

À VOLTA DO VOLFRÂMIO I

MINAS DA PANASQUEIRA

 

As Minas da Panasqueira são as maiores minas subterrâneas do mundo, com mais de 12 mil quilómetros de túneis escavados pelo homem.

 

Estas minas exploram um conjunto de filões quartzosos sub-horizontais com mineralização em Volframite, Cassiterite e Calcopirite. Estes minerais são tratados para fazer concentrados de volfrâmio (tungsténio), estanho e cobre respectivamente.

Muitas vezes existem cavidades nos filões, que na gíria local são designados por “rotos” onde os cristais cresceram em espaço aberto. É nestas cavidades que os cristais se desenvolveram em formas perfeitas. Podem ser encontrados belos exemplares de quartzo, volframite, calcite, siderite, apatite, entre outros.

A exploração das Minas da Panasqueira é inteiramente exportada para os Estados Unidos da América, Japão e Áustria. Em Portugal não existe indústria metalúrgica nem transformadora para o volfrâmio, a principal riqueza existente naquela mina.

É um metal de cor escura, brilhante, muito duro e denso e tem o ponto de fusão mais alto de todos os elementos.

Pode-se considerar que o apogeu das minas foi durante a segunda guerra mundial, em que a procura do volfrâmio era grande devido à sua utilidade como endurecedor de ligas metálicas para a construção de armas. Daí para cá a sua importância tem vindo a diminuir. Porém, mais recentemente, com a crise do urânio empobrecido, que estava a substituir o volfrâmio, as minas ganharam novo alento.

Mas a utilidade do volfrâmio não se resume à indústria de armamento. Uma das suas utilizações mais nobres é na indústria eléctrica. Os filamentos das lâmpadas que nos iluminam são de volfrâmio. É também utilizado em canetas esferográficas, resistências eléctricas, ligas de aço e no fabrico de ferramentas.

 

A CACHE

 

Este cache pretende levar-vos a conhecer a povoação de Minas da Panasqueira. A cache está muito perto da primeira entrada que foi aberta para exploração da mina. Esta entrada está actualmente encerrada. A exploração da mina encontra-se presentemente na povoação vizinha de Barroca Grande.

O conteúdo inicial da cache consiste em logbook, lápis, stashnote, Geocoin “Police Geocaching Squad 2007” e alguns objectos para troca.

Esta cache faz parte de um circuito constituido por 3 caches e denominado “À volta do volfrâmio”. Se pretenderem efectuar a cache III deste circuito, anotem o número que irão encontrar escrito na face interior da tampa desta cache.

 

Additional Hints (Decrypt)

Ab zheb, à rfdhreqn fr sbffrf ragene!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.