Skip to content

<

O Castelo de Celorico da Beira

A cache by Sphinx_n_Sophie Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/08/2011
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O Castelo de Celorico da Beira

 

   Esta cache surge após o arquivamento de uma anterior(GC1VAJG) por falta de uma resposta atempada do owner, por termos reposto a cache anterior e por acharmos que o local é merecedor desta cache resolvemos publicar uma nova versão da mesma.

   O GZ foi alterado já que o anterior se encontrava num local proibido, a nova localização é de fácil acesso, de inverno ou com chuva é necessário um pouco mais de atenção no acesso ao local, esperamos que gostem e não compliquem não é necessário andar a subir pedras para aceder a cache.

 

   O Castelo de Celorico da Beira localiza-se na vila de mesmo nome, Freguesia de Santa Maria, Concelho de Celorico da Beira, Distrito da Guarda, em Portugal.

   Erguido num cabeço granítico, no sopé da serra da Estrela, em posição dominante sobre a vila e o rio Mondego, do alto de seus muros avistam-se os vizinhos Castelo de Linhares (a sudoeste), Castelo da Guarda (a sudeste), Castelo de Trancoso (a norte), o Parque Natural da Serra da Estrela (a sul) e o rio Côa (a leste).

 

 

Características

 

   Castelo de montanha, erguido na cota de 550 metros acima do nível do mar, apresenta planta no formato oval irregular, onde se identificam elementos do estilo românico e do estilo gótico. Os muros, desprovidos de merlões, conservam o adarve e as escadas de acesso, sendo rasgados por duas portas: a principal, a sul, e a Porta da Traição, a oeste. Ambas as portas são em arco de volta quebrada, recobertas por abóbada de berço quebrado, conservando os gonzos de cantaria, comunicando com a parte histórica da vila.

   Desprovido de fosso, o conjunto apresenta, ainda, adossados externamente pelo troço oeste da muralha, dois cubelos um de planta quadrangular irregular e outro de planta trapezoidal irregular, ambos também desprovidos de merlões.

   Internamente, no ângulo sudeste da cidadela, ergue-se a hoje chamada torre de menagem, com planta quadrangular, em três pavimentos, com cobertura ameada, rebaixada a quatro águas, decorada com gárgulas. Pela sua disposição e características construtivas, alguns autores defendem ser esta a primitiva torre de menagem. Outros, ao contrário, afirmam ter sido a de menagem uma outra torre, demolida em algum momento do século XIX, que se erguia ao centro da praça de armas, sobre a cisterna. Esta torre remanescente apresenta o alçado principal pelo lado sul, acedida ao nível do segundo pavimento por porta em arco recto, encimada por arco de descarga em volta quebrada. Internamente os pavimentos e suas respectivas escadas de acesso são de madeira.

 

 

A lenda de Fernão Rodrigues Pacheco

 

 

   Após a deposição de D. Sancho II (1209-1248) em 1245, sendo o governo do reino confiado ao seu irmão, o infante D. Afonso, refugiou-se o primeiro em Toledo, no reino de Castela. Reza a lenda que Fernão Rodrigues Pacheco, alcaide do Castelo de Celorico da Beira, fiel a D. Sancho II, a quem prestara menagem, recusou-se a entregá-lo ao regente, mesmo suportando um longo cerco (1246). Quando na praça já começava a sentir-se a fome, o alcaide, inabalável, pedia aos Céus uma solução que não implicasse no desdouro de sua honra. Neste momento, percebeu nos ares uma águia trazendo nas garras uma truta, apanhada no rio Mondego. Ao esvoaçar por sobre o castelo, deixou sua presa cair, o que sugeriu ao alcaide um estratagema: mandou fazer pão com a sua última farinha e cozinhar a truta, enviando-os como um presente ao príncipe-regente, com a mensagem de que, se por fome o esperava tomar, que visse se os homens que daquela vianda eram bem abastecidos, se teriam razão de entregar-lhe, contra as suas honras, o castelo. (in: Rui de Pina. Crónica de D. Sancho II). Impressionado, o príncipe levantou o cerco, tendo o castelo mantido a sua menagem até o falecimento de D. Sancho II. O feito é recordado no brasão de armas de Celorico da Beira, exaltando a lealdade, o valor e astúcia da vila.

(Fonte: Wikipedia)

 

  

Actualmente, o projecto de reabilitação do castelo prevê a recuperação do espaço intra e extra muros.
O projecto de requalificação do interior da torre, procedeu à divisão interna da torre em quatro espaços distintos. Ao nível do piso térreo, foram utilizadas placas de madeira para se poder proceder à regularização do terreno.
Numa segunda sala, superior ao piso térreo, procedeu-se à construção de uma sala de conferências. Trata-se de um pequeno auditório que poderá servir para dar apoio a pequenos grupos de visitantes e onde podem ser dadas pequenas sessões explicativas.
No piso ao nível da porta de entrada existirá um ponto de apoio turístico, onde será possível ter acesso a informações sobre o castelo e o património histórico, arquitectónico, arqueológico, cultural e etnográfico da vila e do concelho de Celorico da Beira. Juntamente com o ponto de turismo, funciona , nesta sala, uma exposição permanente com os materiais arqueológicos recolhidos nas intervenções arqueológicas realizadas no castelo.

   Para a quarta e última sala criou-se um espaço multimédia, complementado por uma área no topo da torre, que servirá de miradouro virtual, onde, através de utilização das novas tecnologias, será possível recriar a história e os principais acontecimentos do castelo de Celorico da Beira, bem como das lendas a ele inerentes.

(Fonte: Site CM Celorico da Beira)

 

 

A cache

   Trata-se de um contentor small contendo inicialmente logbook, stashnote, lápis e afia e alguns bonecos para troca.

É uma cache simples que vos trará a este local com história e que esperamos seja do vosso agrado.

 

GeoPT.org - Geocaching Portugal

Additional Hints (Decrypt)

[Pt]An sraqn ynetn rager 2 ebpunf(fcbvyre)
[En]Va gur ynetr tnc orgrrja gur 2 ebpxf( Fcbvyre)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)