Skip to content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

Anne Bonny and Mary Read

A cache by fox14 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/01/2011
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Anne Bonny e Mary Read

A sua história e lenda

Anne Bonny e Mary Read são as mais famosas e ferozes mulheres piratas da História, e as únicas conhecidas por terem realizado saques no Hemisfério Ocidental.

Anne Bonny, nascida no Condado de Cork,na Irlanda,era filha ilegítima do advogado William Cormac e da sua empregada doméstica. Eles imigraram para a América após o nascimento de Anne no final do século XVII e fixaram-se numa quinta perto de Charleston,na Carolina do Sul.Jovem mulher teimosa "com um temperamento forte e corajoso", Anne fugiu com um jovem indigente, James Bonney, contra a vontade do pai. James levou-a para o covil dos piratas em New Providence , nas Bahamas, mas em 1718, quando o governador das Bahamas Woodes Rogers ofereceu o perdão do rei a qualquer pirata, James tornou-se informador. Anne ficou revoltada com a sua covardia e pouco depois, conheceu e apaixonou-se por um arrogante pirata o capitão Jack Rackham. Disfarçando-se de homem,Anne começou a velejar com ele no seu veleiro , com seu famoso pavilhão com crânio-e-punhais, capturando tesouros espanhóis,a navios ao largo de Cuba .

Conta-se que terá ficado grávida de Jack e retirando da pirataria apenas pelo tempo suficiente para ter seu bebé e deixá-lo com amigos em Cuba, antes de regressar à sua vida aventurosa em alto mar.

Mary Read nasceu em Plymouth, Inglaterra, cerca de 1690. O seu padrasto era um homem rico, que partiu numa longa viagem e nunca mais foi visto. Havia deixado a sua mulher grávida, e ela deu à luz uma criança do sexo masculino, doente, que morreu logo após o nascimento ilegítimo da sua meia-irmã, Mary. A mãe esperou anos pelo regresso do seu marido e, quando o seu dinheiro terminou, ela seguiu com Mary para Londres, para pedir à sua sogra por ajuda financeira. Ela sabia que a sogra não gostava de meninas ,e assim vestiu Mary com roupa de menino e fê-la da fingir ser um seu filho. A sogra foi enganada e prometeu uma coroa por semana como ajuda. Mary continuou a disfarçar-se de menino durante muitos anos, mesmo depois de a avó ter morrido e de o auxílio financeiro ter cessado.

A adolescente Mary foi contratada como criada por uma mulher francesa. Mas segundo a história, "ai não viveu muito tempo,sendo forte, e tendo um coração viajante,ingressou na Marinha Britânica, onde serviu algum tempo num navio de gerra." Ainda disfarçada como rapaz,serviu num regimento de infantaria na Flandres e mais tarde num de cavalaria, em ambos com distinção. Apaixonou-se por um companheiro soldado, divulgando-lhe seu verdadeiro género, começou a vestir-se como mulher. Após o seu casamento, Mary e seu marido tornaram-se estalajadeiros, proprietários de três estalagens perto do Castelo de Breda nos Países Baixos. Infelizmente, ele morreu jovem e a fortuna cedo se extinguiu.

Mary sabia que a vida no século XVIII era muito mais fácil como homem do que como mulher,e então voltou a usar roupas masculinas e recomeçou vida no mar num lugar num navio mercante neerlandês que viajava para as Caraíbas. Numa viagem, o navio foi atacado por piratas ingleses com quem ela já navegara. O seu navio fora atacado ainda pelo "Vanity" do Capitão Jack Rackham e cansada da vida legítima,Mary novamente se voltou para a pirataria. Anne Bonney já fazia parte da tripulação de Rackham, e ela e Mary rapidamente descobriram o segredo comum dos disfarces e tornaram-se grandes amigas. Apesar do seu exterior resistente, Mary encontrou um amante a bordo e disse-lhe ter salvado a sua vida para protegê-lo de um duelo ameaçador. Venceu uma luta pela primeira vez e, com uso de espada e pistola, terminou a sua vida antes que pudesse prejudicar o seu amado.

Anne e Mary eram conhecidas por seus temperamentos violentos e ferozes combates, e partilharam uma reputação de ferocidade. Os seus companheiros tripulantes sabiam que em tempos de ação ninguém foi tão cruel e sanguinário como estas duas mulheres foram. O Capitão Jack, apelidado de "Calico Jack" por seu amor a roupas de algodão colorido, foi um famoso pirata naqueles dias, mas sua reputação sobreviveu através dos tempos, principalmente por causa destas duas infames mulheres piratas na sua tripulação.

No final de outubro de 1720, o navio de Rackkam ancorou em Negril Point,na Jamaica, e os piratas comemoraram vitórias recentes com as habituais bebidas destiladas. De repente, uma corveta da Marinha britânica, a "Albion" chefiada pelo capitão Jonathan Barnet - surpreendeu-os. Os piratas bêbados rapidamente se esconderam sob o convés, deixando apenas Anne e Mary para defender o navio. As mulheres gritaram com seus companheiros de pirataria "apareçam, seus covardes, e lutem como homens" e então irritadamente desencadeou contra eles, matando um e ferindo vários outros. Mas as mulheres seriam derrotadas pela marinha britânica, e toda a tripulação foi capturada e levada para a Jamaica.

O Capitão Jack e os membros masculinos da sua tripulação foram julgados em 16 de novembro de 1720 e foram condenados à morte. Anne foi autorizada a visitar o seu amante na sua cela antes da sua execução, e em vez de palavras consoladoras, amorosas, sem dúvida, que ele estava esperando, os seus comentários contundente ficaram para a história: "lutou como um homem e vai morrer como um cão".

Anne e Mary foram julgadas uma semana após a morte de Rackham e também foram consideradas culpadas. Mas na sua condenação, quando foi perguntado pelo juiz se elas tinham algo a dizer, elas responderam, "Mi'lord, podemos defender nossas barrigas". Ambas estavam grávidas, e como a lei britânica proibia matar uma criança por nascer,a frase salvou-as temporariamente.

Mary terá alegadamente morrido de uma violenta febre na prisão de Spanish Town em 1721, antes do nascimento do seu filho. Outros relatos dizem que ela fingiu a morte e foi furtivamente transportada para fora da prisão sob um manto.

Nenhum registo de execução de Anne foi encontrado. Alguns dizem que o seu pai rico comprou a sua libertação após o nascimento do bebé e que ela terá enveredado por uma vida familiar tranquila numa pequena ilha das Caraíbas. Outros acreditam que ela viveu no sul da Inglaterra,onde seria proprietária de uma taberna onde deliciava os locais com as histórias das suas façanhas.

Outros dizem que Anne e Mary se mudaram para Louisiana, onde criaram os filhos juntas e foram amigas até ao fim da vida. vida.

Antes de serem aprisionadas, Anne e Mary, numa breve passagem pela nossa costa, deixaram um pequeno tesouro escondido.

Agora cabe-te a ti procurá-lo…

Mas há quem diga que o tesouro tem guardiães, por isso tem cuidado!

Boa sorte…

Additional Hints (No hints available.)