Skip to Content

This cache has been archived.

matrixamp: Fim de um ciclo.
Obrigado a todos pelas visitas e que tenham desfrutado do local.
Abraço.

More
<

#11 Proj. I.C.B. - Capela Viso e VG

A cache by matrixamp Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/07/2011
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


c

Situada na freguesia de Caçarilhe no lugar de Alfarela, a actual capela é fruto de remodelações efectuadas nos séculos XIX e XX. Encontra-se no ponto mais alto do concelho de Celorico de Basto com os seus quase 900 metros. 

É, tambem, VG de primeira ordem situado a exactamente 858,45mts acima do nivel do mar, embora passe completamente despercebido.

Este pequeno templo, localizado no topo de um outeiro pontuado por grandes afloramentos graniticos, dominando toda a envolvente e com excepecional dominio visual sobre a bacia do rio Tâmega, rodeado de terreno de pastagens, com algumas manchas de pinheiros, terá tido uma primeiro construção no século XVII. No século XIX, a capela da terá tido a sua primeira remodelação, que inclui a construção da actual fachada, e que, no século XX, as obras efectuadas incidiram especialmente no seu interior.


Esta capela tem uma planta longitudinal com uma nave e capela-mor, apenas marcada interiorment, e sacristia e salão adossado lateralmente. A fachada pincipal é em empena, coroada por cruz nobre acrotério, rasgada por um portal em arco pleno, encimado por óculo. As fachadas laterais possuem janela rectangular e portas de verga recta, sendo ainda de referir a escada existete do lado esquerdo.

O interior da capela é em cantaria de granito, desprovido de elementos decorativos, com coro-alto de construção recente, arco-triunfal pleno sobre pilastras toscanas e na parede testeira da capela mor.

Pintado de verde e reunindo o melhor da Mãe Natureza, o Monte do Viso com as suas vistas panorâmicas alargadas, é um local de pura serenidade. Para aqueles que procuram um espaço diferente para fazer uma merenda, ler um livro ou descansar, aproveite a zona de lazer existente e não se vá embora sem visitar a ermida de Nossa Senhora do Viso. Fica a sugestão, vale a pena ir até lá cima…

Quanto ao VG - È Conjunto de todos os vértices geodésicos e das suas relações geométricas, distribuídos pelo país, colocadosem posições dominantes de forma a garantir intervisibilidade, devidamente coordenados. Estão materializados através de diversas formas geométricas, como pirâmides ou troncos de cone sobre cilindros (bolembreanas) ou são coincidentes com estruturas já existentes.


Um VG ou vértice geodésico (popularmente chamado "talefe" em Portugal, e "Pinoco" no Norte de Portugal) é um sinal que indica uma posição cartográfica exacta e que forma parte de uma rede de triângulos com outros vértices geodésicos. São escolhidos sítios altos e isolados com linha de visão para outros vértices.

A rede geodésica portuguesa é formada por vértices geodésicos que se dividem em três ordens de importância:


1ª Ordem - pirâmides distando 30 a 60 km

2ª Ordem - cilindro + cone listados distando 20 a 30 km

3ª Ordem - cilindro + cone distando 5 a 10 km

 
O número de vértices existentes na totalidade do território (Portugal Continental e Regiões Autónomas) é, actualmente, de cerca de nove mil, repartidos por vértices de: Continente: 1ª Ordem (cerca de 120), 2ª Ordem (cerca de 900) e 3ª Ordem (com uma densidade aproximada de 1 vértice por cada 10 km²) Arquipélago dos Açores: cerca de 500 Arquipélago da Madeira: cerca de 150 A RGN é a infra-estrutura básica onde se apoia toda a cartografia do País, e que serve todos aqueles (empresas, autarquias e outros organismos públicos e privados) que, por força das suas actividades, necessitam de referenciar geograficamente os seus projectos (os Planos Directores Municipais, por exemplo).

O Centro Geodésico de Portugal, está situado na Serra da Melriça, freguesia e concelho de Vila de Rei, distrito de Castelo Branco.

Encontrando-se a uma Altitude máxima ao Nível do Mar de 592m (anm/asl) é delineado fundamentalmente pelo Marco Geodésico padrão, pelo Museu da Geodesia e áreas envolvente de apoio e estacionamento.

O Marco Geodésico, é conhecido popularmente por "Picoto da Melriça", sendo constituído por um vértice geodésico de 1ª ordem, piramidal, em alvenaria com 3 metros de base e 9 metros de altura e está desde á muito associado à história da cartografia moderna em Portugal. Esta iniciou-se no século XVIII, no reinado de D. Maria I, quando a soberana convidou a Academia Real da Marinha, a iniciar os trabalhos de triangulação geral do território, para a realização da Carta Geográfica do Reino.

A importância do Marco Geodésico padrão, resulta de que foi a partir deste ponto, que se deu início à marcação dos restantes 8.000 vértices geodésicos de Portugal Continental.

As coordenadas do Marco Geodésico são: latitude: N39º 41´ 40,14" longitude: W8º 07´ 49,80" que corresponde ao Maidenhead Locator IM59wq. Nele pode-se encontrar a geocache (GC1E4NM) integrada nas caches Lusitani.

A cache:

Contém logbook, stashbook. Levem com que escrever. 
Por favor coloquem da mesma forma como a encontraram, e sempre que possível façam C.I.T.O. (cache in trash out).


Obrigado pela visita e desfrutem.

One of many by:
qw
ENJOY IT!





free counters

Additional Hints (Decrypt)

CG:Ebpun

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

67 Logged Visits

Found it 53     Didn't find it 8     Write note 2     Archive 1     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 14 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.