Skip to content

This cache has been archived.

Shalmai: Parece que este sítio está condenado ao abandono... a cache foi se embora em conjunto com o seu esconderijo. Não há de esperar que a vida volte ao este sítio. Arquiva-se [:(].

Talvez coloque outra cache nesta área, noutro sítio, e com ligeiramente outra história. Mas isso já não será a mesma coisa. Obrigada à todos os 10 visitantes, obrigada por muitas fotos de qualidade que deixaram nos logs.

More
<

Cilhades

A cache by Shalmai Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 03/04/2012
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
3 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Cilhades - Aldeia abandonada que vai logo desaparecer

'Cilhades é isto. Memória, memória e mais memória. Agora ninguém aqui vive mas todos os que aqui têm casas, aqui vêm com intensa regularidade. “Nunca aqui vivi, e nem sequer os meus pais”, disse-me a senhora simpática. A aldeia foi abandonada nos finais do século XIX. Os homens e as mulheres que a habitavam preferiram ir para Felgar, mais próximo de Torre de Moncorvo. Mas mantiveram intacto o espírito do lugar, a julgar pela placidez com que a minha interlocutora desfiava recordações.' (Notícias de Nordeste, 21.8.2009)

'Primeiro foi um osso, depois outro, a seguir uma série deles e os arqueólogos já localizaram quase uma centena de cadáveres, com mais de mil anos, ainda nas suas sepulturas.


O cemitério medieval encontrado em Cilhades, o povoado que terá dado origem à aldeia de Felgar, em Torre de Moncorvo, é um dos raros encontrados em Portugal, “e mais ainda no Norte do país”, explicou ao Jornal Nordeste a arqueóloga Sara da Luz, responsável pelos trabalhos de escavações que ali começaram a 28 de Agosto. Trabalhos que têm de andar a todo o vapor, uma vez que a EDP espera começar a encher a barragem do Baixo Sabor, ali bem à vista, uns quilómetros mais à frente, ainda antes do final deste ano.

Por isso, e dada a urgência das decisões, foi já sugerido quer à ACE (dona da obra que vai submergir toda aquela zona do vale do Sabor), quer ao Instituto de Gestão do Património Arqueológico e Arquitectónico (IGESPAR) a musealização dos achados que ali têm sido encontrados, sobretudo dos esqueletos que têm sido localizados, ainda dentro de sepulturas intactas, que os arqueólogos estimam datarem dos séculos IX ao XII, pouco depois de os Mouros terem sido expulsos do território.' (Jornal Nordeste, 3.1.2012)


A cache

Uma small modesta no centro da aldeia abandonada. A cache vai ficar no sítio mais tempo possível, mas será retirada do local antes de enchimento da barragem do Sabor,  ou se as excavações arqueológicas não permitirem a visita do sítio.  Estão previstas trasladações   da Capela de S. Lourenço de Cilhades, por isso é possível a aldeia vai desaparecer do seu sítio aos poucos já nos próximos mêses.

Peço os visitantes desta cache para sempre relatarem o estado da cache e reportarem logo qualquer falha. Também, reportem sempre o estado da aldeia, e tirem fotos...


NO TRACKABLES!!!

Aceso:

Caminho rural de terra batida a partir Felgar ou Picões, cca 2 horas. Provávelmente é possível chegar ao sítio também por caminho de terra batida desde obras da barragem do Sabor. 


This page was generated by GeoPT Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Byvirven

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)