Skip to Content

This cache has been archived.

RF Way: Devido aos constantes desaparecimentos da cache, talvez devido ás obras também constantes. Decido arquiva-la por não poder dar apoio tantas vezes.
Embora esta cache tenha -se mantido de boa saúde durante um bom tempo e chegado às 718 visitas, nas quais agradeço.
Boas cachadas para todos.

More
<

Estação de Tavira

A cache by RF Way Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 05/15/2012
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache tem como objetivo conhecerem a Estação Ferroviária de Tavira e o local onde se encontra que é no Largo de Santo Amaro com as suas estátuas curiosas. O container é uma pequena caixa de plástico que se encontra protegida por um saco.Levem com que escrever.Encontra-sa a uns 35 metros do Largo.( O local da cache tem visibilidade para o largo e a estação ).

Estação Ferroviária de Tavira, igualmente conhecida como Estação de Tavira, é uma interface ferroviária da linha do Algarve que serve a cidade de Tavira do distrito de Faro em Portugal.

Em 2004, esta estação detinha a classificação D da Rede Ferroviária Nacional. Em 2007, contava com um serviço de informação ao público. Em 2009 era servida por 3 vias de circulação, tendo a primeira 258 metros de extensão, e a segunda e a terceira 174 metros cada uma; as duas gares detinham 135 e 131 metros de extensão e 50 centímetros de altura.
Em Janeiro de 2011, já se tinham verificado alterações nas plataformas, passando a primeira a apresentar 136 metros de comprimento e 45 centímetros de altura, e a segunda, 133 metros de comprimento e 40 centímetros de altura; não se realizaram quaisquer modificações em termos de comprimento de vias.
A estação tem acesso pelo Largo de Santo Amaro, na cidade de Tavira.


Estação de Tavira, vista do Largo de Santo Amaro.
Planeamento, construção e inauguração
Em 12 de dezembro de 1903, teve lugar a arrematação para, entre outras empreitadas, a construção de uma estação em Tavira, que deveria incluir uma gare coberta e outra descoberta, retretes e uma fossa; esta empreitada tinha o valor de 5.800 Reís.
A estação foi inaugurada, em 10 de março de 1905, quando abriu o troço Olhão-Tavira da então designada Linha do Sul (actualmente a Linha do sul termina em Tunes, sendo o restante troço denominado de Linha do Algarve); na altura, a interface detinha o grau de 2.ª Classe. A ocasião foi amplamente festejada na cidade, tendo a estação sido enfeitada. O primeiro serviço nesta estação só se efectuou, no entanto, a 19 de março.
Na altura da sua abertura, a estação situava-se à entrada da cidade, junto ao entroncamento entre a estrada real e o acesso à localidade de Santo Estevão; uma avenida foi construída para melhorar o acesso à estação.
Devido ao facto de, desde a sua inauguração, se ter verificado um elevado volume de tráfego de passageiros com Faro, os serviços foram, ainda em 1905, reforçados entre estas duas estações.
Século XX


Monumento ao emigrante, no exterior da Estação de Tavira
Além do serviço de passageiros, esta estação também serviu de interface para o carregamento e descarregamento de gado, especialmente do tipo suíno, com destino ao Montijo. As descargas, normalmente de gado vindo do Alentejo, aumentavam entre Agosto e Setembro, quando aumentava a população nesta zona, e, consequentemente, a procura nos talhos; o gado carregado nesta estação destinava-se quase por completo para o Montijo.
Além de gado, também se carregava sal com destino a Aveiro, e trigo, para Faro, Lisboa e outras localidades com moagens. Estas mercadorias eram, normalmente, expedidas em grandes volumes (vagões completos).
As principais mercadorias recebidas foram adubos (especialmente no Outono) palha, materiais de construção (especialmente cimento), papel (provindo de Cacia ) azeite, arroz e batatas (para o Quartel da Atalaia) e trigo de semente.
Após o início da Primeira Grande Guerra,verificou-se, em geral, uma diminuição do volume de mercadorias expedido desta estação.
Em termos de passageiros, esta estação foi muito utilizada por grupos de veraneantes, que se deslocavam para Monte Gordo; deteve, igualmente, um tráfego de passageiros considerável com Luz de Tavira, Conceição, Cacela, Olhão, Faro e Lisboa
Século XXI
Em 2007,um protocolo assinado entre a Rede Ferroviária Nacional e a Câmara Municipal de Tavira projectou a eliminação de várias passagens de nível junto à Estação Ferroviária.
Uma proposta de 2008,do Projecto Mobilidade Sustentável, organizado pelo Instituto de Dinâmica do Espaço, uma unidade orgânica da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Nova de Lisboa, propôs a construção de uma nova interface rodo-ferroviária em Tavira junto à actual estação.
Entre Fevereiro e Março de 2009, a Rede Ferroviária Nacional executou diversos trabalhos de remodelação nesta estação.

Additional Hints (Decrypt)

Rfgá an qb zrvb.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

721 Logged Visits

Found it 690     Didn't find it 12     Write note 8     Archive 1     Temporarily Disable Listing 2     Enable Listing 2     Publish Listing 1     Needs Maintenance 2     Owner Maintenance 2     Update Coordinates 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 48 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.