Skip to content

This cache has been archived.

SerafimSaudade: As there's been no cache to find for months, I'm archiving it to keep it from continually showing up in search lists, and to prevent it from blocking other cache placements. If you wish to repair/replace the cache sometime in the future, just contact us (by email), and assuming it meets the guidelines, we'll be happy to unarchive it.

More
<

Apeadeiro da Quinta da Macheia

A cache by sargebtt Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/04/2012
Difficulty:
3.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   not chosen (not chosen)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Esta cache leva-nos ao abandonado Apeadeiro da Quinta da Macheia.

A sua história é bem mais recente que a quinta, mas a evolução tratou do seu destino ao deixar de ser necessário.

 Agora já só restam as paredes e a imensa vegetação que a habita.

 

O lugar dos Cucos faz parte, desde à longa data, das propriedades da Quinta da Macheia e a esta parece ter estado sempre ligada.
Algumas das propriedades da Quinta pertenciam, nos primeiros tempos do reino, ao mosteiro de Alcobaça e sabe-se, por um documento de doação do século XVI, que Dom Rodrigo de Menezes, do conselho de D. Manuel, recebia, entre outras rendas, o direito do pão de então "Reguengo de Machêa".
A partir do século XVII começa a dar-se um fenómeno raro, que foi a transformação de uma aldeia, a da Machea, que em 1527 era uma das mais povoadas do concelho, numa quinta de um único proprietário, um processo longo e que só se completaria na segunda metade do sec. XIX.
Essa concentração dos edifícios e das terras na mão de um único senhor começa a produzir-se (...) quando Domingos Fernandes Monteiro, "que vivia por sua fazenda" na dita aldeia, compra numerosas propriedades na serra de Machêa, ribieira de Machêa e casas no lugar da Machêa, de acordo com várias escrituras e documentos desde o princípio do sec. XVII existentes na posse da família de José António Neiva Vieira.
Em finais do século XVIII, após falecer o Dr. António de Matos Pereira, que era o proprietário da Quinta da Machêa, Miguel Lourenço Peres vai herdar essa propriedade e vai mandar fazer um mapa das suas propriedades em 1787, cujo original se encontra naquela quinta e intitulado "Mapa da Quinta" denominada de Machêa com todas as suas pertenças de casas, pomar, horta, vinhas, olivais, terras lavradios e matos, tudo conjunto, desde o referido lugar, até ao sítio da Ribeira de Machea, indo pelo de Santo Amaro, calçada que vai para a vila de Torres Vedras, e da dos Cucos, sítio do carpinteiro e outeiro fronteiro ao da Boiaca (...).

 

A cache é fácil de encontrar, já logá-la exige pensar um pouco e ter paciência.  

A cache não contém material de escrita!

Additional Hints (Decrypt)

Vafvqr!
Aãb sbeprz n noreghen, cnen cbqre noeve n pnpur fvtnz nf vafgehçõrf an zrfzn.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.