Skip to content

This cache has been archived.

Bitaro: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

Obrigado pela compreensão,
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Linhas Orientação

More
<

Vamos lá matar a sede à cache

A cache by triplebrand & ALseekers Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/30/2012
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
3 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Translation

Vamos matar lá matar a sede à cache

Esta cache leva-nos a um local onde, certamente, no vai e vem da cântara, se iniciaram muitos namoros, ao som da água que ainda brota da pequena bica que por lá se encontra.

A Fonte de Guimarães localiza-se numa encosta íngreme virada a este, no lugar de Sá, freguesia de Sangalhos. Da sua escadaria avistam-se os campos de cultivo e os muitos choupais que ladeiam o Rio Cértima, fronteira natural entre Sangalhos e Avelãs do Caminho. Noutros tempos, para além da escadaria, agora bastante degradada, havia também um pequeno carreiro encosta abaixo que servia de acesso às gentes da segunda freguesia que aqui vinham buscar água ou lavar roupa no tanque agora invadido pelas silvas. Infelizmente, nos dias que correm, as águas desta fonte são impróprias para consumo humano. Mesmo assim, ainda podem ser utilizadas para matar a sede a uma cache.

Deste modo, para além do GPS, irão necessitar de uma garrafa ou garrafão (tentar retirar o container de outra forma, sem usar o garrafão, irá danificar o mecanismo e impedir o seu normal funcionamento) para poderem logar esta cache. No inverno não haverá falta de água para encher o garrafão, no verão é possível que tenham que o levar cheio de casa...

Nota: Como o local está há muito tempo sem manutenção, os degraus estão degradados e cheios de folhas e ramos, o que os torna bastante escorregadios. Desta forma recomendamos o uso de uma boa lanterna caso visitem o local à noite.

Publiquem fotos do local mas omitam a forma como a cache está escondida, por favor. Sequem bem as mãos antes de abrirem o container e recoloquem-no com a tampa voltada para cima. No GZ há grande probabilidade de encontrarem lama e silvas. Se não estiverem preparados, considerem fazer a cache noutro dia.

Divirtam-se!

HTML Counter
This page was generated by GeoPT Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Ab svz. N áthn sneá pbz dhr ibygr n ire n yhm qb qvn.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)